Fim de semana cheio!!

Meu fim de semana começou na quinta a noite quando arrumei minhas coisas e parti para Penha-SC na companhia de Willian Barbosa e Diogo de Americana, os dois da equipe Tri Action...

Chegamos em Penha a 1 da manhã de sexta 28, dia de meu aniversário, o qual não lembrei, e passei o dia todo achando que tava esquecendo de algo. Lá ficamos ainda na companhia do Marco e do Bruno
Fiz 2 treinos na sexta no percurso da prova ((10km leve em 42' - e 25km bike pra 35 média)),

deixamos as bikes na transição, vimos o simpósio, jantamos e cama.

O IronMan 70.3 estava repleto de estrelas. . .
Foi a prova com um nível técnico mais forte dos últimos anos, e prometia uma briga feia pelos primeiros lugares...... Ela começou um pouco mais tarde dessa vez, 9e30 de sábado.

A prova:

Depois de uma natação com muita pancada, mas com um bom desenvolvimento, saí da água em 11 no geral, com 25 baixo e vendo o Lucas Pretto, e o Rafael Menezes.

Já nos primeiros kms da bike, o primeiro a me passar foi o argentino Andrres Darricau... até ai tudo bem, nem tive reação.
Logo depois vieram Oscar Galindez e Santiago Ascenço que me passaram forte...........mas eles não estavam de bike e sim de moto, pois tamanha foi a diferença de velocidade deles para mim.
Fiquei na minha e continuei...

Então veio Felipe Manente e Guto Antunes, tentei ir junto, mas não consegui.....

A partir daí comecei a ficar irritado, meu ciclismo não estava rendendo como deveria, e mais gente se aproximava.

Mais 3 ou 4 caras me passaram e eu continuava sem conseguir reagir, até que veio Castelo Branco e Tomé, e esses sim eu consegui acompanhar, mas muito cansado. Sofri demais para completar os 90km da bike que tinha vento vindo de todos os lados.... e no final deu 37.5 de média. Muito longe dos 41.5 de média do Brandão ( que era o primeiro amador) que estava bem na minha frente na T2.

Comei a corrida forte, e minha canela começou a doer, mas dei uma banana pra canela e continuei a correr abaixo de 4/km. Vim tirando, e tirando, e tirando a diferença para o Rafael Brandão, cheguei a passar o Frederico Monteiro, e por pouco não pego o Manente na chegada. Finalizei a prova em 14 geral com 4h12 abaixando em mais de 1 min o tempo do ano passado.
Corri os 21k em 1h20´35´´ fazendo a 6 melhor corrida do dia. Mas quem levou o primeiro lugar geral amador foi mesmo o The Super Swimer Rafael Brandão de Goiania com uma diferença de 1min50´´ para mim.
Em 3 no amador, ficou Luis Pereira de Lima de Floripa
Tá ótimo!!! Fiquei muito contente, sempre torço muito para o Brandão, e para o Luis.....lembrando que os dois estavam na minha lista dos melhores.

Repetindo: O 70.3 Penha estava muito forte no nível técnico, e chegar entre os 15 numa prova desta foi muito bom pra mim. Fiquei contente!!

No profissional a vitória ficou com Santiago Ascenco de Goiânia, em uma bela prova, e uma bela corrida dos 21km em 1h12..... seguido de Igor Amoreli, e Fábio Carvalho.

Colucci foi o 4 e Galindez o 5...... e o Miashiro que liderou uma boa parte da competicão, funcionou como um belo "coelho'' pois acabou parando antes do final da bike.
No Feminino a Vanessa Giannini ganhou bem ganhado, e colocou seu nome na lista de melhores do IronMan70.3

Beleza............

Após comer, beber, repor as energias e tomar um belo banho, eu e o Willian B. montamos no carro e partimos de viagem, era 17h do sábado e nosso destino era Brotas, no interior de São Paulo para correr mais uma prova, só que dessa vez um short triathlon.

Depois de dirigir 950km até Brotas, chegamos as 3 da manhã na casa que o Leandro Cunha, integrante da equipe do Willian tinha arrumado. Acordamos quase toda a vizinhança, mas logo estávamos deitados e dormindo como pedra.
7 da manhã toca o despertador, e mais uma vez, fomos para uma largada de triathlon. Chegamos atrasados, mas o Niltinho, que organiza a Copa do Interior de Triathlon, foi bem gente boa e nos esperou.

Deu a largada e logo assumi a liderança, o lago parecia um mar... marola pra todo lado, e vento forte. Saí em primeiro da água, com a Tuanny Viegas na minha esteira. Peguei a bike e pau.....
Fiz força e vim trazendo os caras de outra prova que estava rolando no mesmo momento, um duathlon.
Percurso estranho com vento, curvas, subidas e descidas de serra onde a velocidade máxima chegou aos 83km/h e a média ficou em 41.7 km/h
Achei o máximo pedalar pra quase 42 de média sozinho.... ( Deveria ter pedalado assim em Penha ) merda!!!


Saí pra correr forte..... minha canela doeu, mas ignorei a dor.... corri forte e deixei os caras do duathlon beeeeem pra trás, ganhando o geral da prova com 1h02 que teve 750m de natação - 25km de bike e 5km de corrida.
Um short com um ciclismo um pouco maior.


Eu saindo da água em Brotas com a Toca, e a fita azul do IronMan 70.3 Penha

Sem descanso, me hidratei, comi uma coisas, tomei um banho e estrada de novo. Voltei pra Leme, chegando as 16h. Desarrumei minhas coisas, coloquei uma roupa de ciclismo, capacete, e pedalei mais 50km leve só pra soltar.

Fim do fim de semana.

Tá bom né??


Em 8 dias fiz 2 Meio IronMan e 1 short.

Somos Triatletas

``Tri-atleta não come, traça tudo!
Tri-atleta não toca, só chega perto para não derrubar!
Tri-atleta não divide, compartilha!
Tri-atleta não fala, só respira!
Tri-atleta não respira, ofega!
Tri-atleta não cheira, respira pela boca!
Tri-atleta não chora, admite que perdeu e vai pedalar!
Tri-atleta não elogia, reconhece!
Tri-atleta não pensa, intui!
Tri-atleta não tem reflexos, a bicicleta os tem por ele!
Tri-atleta não tem depressão, tem é cansaço!
Tri-atleta não facilita discussões, deixa o capitão decidir!
Tri-atleta não toma susto, senão cai no meio da estrada!
Tri-atleta não admite algo sem resposta, as descobre!
Tri-atleta não espera retorno de chamadas, vai dormir!
Tri-atleta não se apaixona, já nasce apaixonado!!! ´´


* o texto, acima recebi por email e é de um autor desconhecido


Os triatletas brasileiros, sendo eles amadores ou profissionais apenas GASTAM, é só dinheiro que vai embora...

Mas tem um outro lado:

Como triatleta, perdemos dinheiro, mas ganhamos muito na saúde e no condicionamento físico. Aprendemos a nos alimentar, a ter disciplina, e a organizar o tempo. Aprendemos a respeitar e a ser respeitado.
Fazemos novas ótimas amizades, conhecemos novos lugares, etc, etc, etc.

Realmente a famosa frase:
``Mais difícil que cruzar a linha de chegada num triathlon... é estar alindado para a largada´´

Treinar para essa brincadeira é duro, muito duro.
Se vc é um triatleta disciplinado... Vc também consegue ser qualquer coisa na vida pessoal.

Por isso deixo aqui neste comentário PARABÉNS pra VC que é um triatleta disciplinado.

Um grande abraço do ciro

Long Distance Rio de Janeiro

Minha nossa!!!
Que prova dura!!
Fiquei o sádado inteiro com blusa de frio, choveu tb, e domingo o sol saiu lindo, mas poderoso.
Que belo domingo fez hoje aqui no Rio!!

A prova nas distâncias de MeioIronMan foi muito dura!
Muito vento, muito sol, e muito calor . . .
Percurso ruim na bike, num asfalto que não rendia de jeito nenhum, com vento de todos os lados... bom ... ainda fiz com 37 de média (fiz com bike de estrada e clip curto)

Fui o 4 geral atrás do Argentino Ezequiel Morales, Rafael Meneses, e Cid Barbosa...
e primeiro no amador.
No feminino uma ótima disputa entre a Soledad, e Ariane, e várias trocas de posicões entre elas..... e no final a vitória foi da Soledad por muito pouco.

Corri mal pra burro.....perdi um gel na corrida, corri 17 km sem gel... tomei um stop-gol por que desafivelei o capacete na transicão, minha canela doeu muito.... ou seja... foi uma mer....
Só ganhei por sorte ... sorte mesmo.

Sábado que vem estarei em outro MeioIronMan...desta vez em Penha (IronMan 70.3 Beto Carreiro World)

Workshop técnicas da Multinatação

O workshop vai apresentar as técnicas da Multinatação para a melhora da técnica de nado, aumento do repertório motor e consequente economia de movimento para triatletas, fundistas e maratonistas aquáticos, além de trabalhar a prevenção de lesões e o tratamento de disfunções funcionais de caráter ósteo-muscular, ambas iniciativas encontradas no ATP (Programa de Adequação Técnica e Preventiva-http://www.fisioterapiapersonalizada.com.br/atp/index.htm).

A parte técnica fica a cargo do renomado Prof. Msd. Ednaldo Herculano de Miranda Jr., o Mano, criador da Multinatação, enquanto a questão preventiva tem Elisângela Silva do Nascimento, Charles Costa Borges Lima e Alex Lopes Santana, todos fisioterapeutas especializados em esporte da clínica Fisioterapia Personalizada (www.fisioterapiapersonalizada.com.br), como responsáveis. Além disso, o professor Joel Moraes dos Santos Jr., preparador físico da equipe principal da Unisanta ficará a cargo da filmagem subaquática servindo de base de dados para inúmeros estudos e intervenções técnicas e preventivas, objetivando uma maior consciência corporal dentro d’água.

A iniciativa inédita vale o investimento para o atleta comprometido com a melhora de sua performance e a manutenção de uma saúde plena.

Dia: 19/9/2009 (no Sábado anterior a 4ª etapa do Troféu Brasil em Santos)

Cidade: Santos

Local: Academia Fit Santos (www.fitsantos.com.br)

Para maiores informações, ligar para 3226-4010 na Fit Santos, 3014-2326 na clínica Fisioterapia Personalizada e para os portadores de rádio, 7806-7569 e id 142*6319. Caso queira informações por e-mail, envie mensagem para contato@fisioterapiapersonalizada
.com.
br

Treino de quinta 20/8

Natação:
500m perna cruzada com palmar
15 x 150m forte a cada 2' fechado e chegando pra 1'45'' média
400 solto
Total: 3200

Corrida:
15 x 1 km a cada 4' fechado e chegando todos abaixo de 3'30'' (confortável)
Batimento médio: 155

Um com a glória e a outra com a decepção

Treino de Quarta 19/08

Natação:
15 x 200m
os primeiros 5 pra aquecer - a cada 3´
os outros 10 para a cada 2´45´´ - médias de 2´30´´ cada tiro
500 solto
Total 3500m

Bike Spinning: 2h30 derretendo em cima na bike

Por causa da chuva tive que ficar dentro de casa, mas acabei simulando bem o que eu queria fazer na bike normal. A média de batimentos ficou nos 134















Já com 2h10.... quase morrendo de tédio em cima da bike.
Olha a molhadeira no chão

Treino de Terça (18/8)

NATAÇÃO:
200m aquecimento
1000m com as pernas cruzadas + palmar
10 x 200m a cada 2´45´´ (chegando pra 2´32´´ médias)
200m solto
Total: 3400

CORRIDA:
treino simples
15 x 1km a cada 4´fechado chegando todos abaixo de 3´30´´ ( confortável )


Gelo na canela a noite



Treinos do fim de semana

Sábado:

Corrida longa: 28km na terra com subida em 2h02

Natação: 3km leve rodado

Bike: 40km speed leve


Domingo:

Bike longão: 185km 29km/h média

Corrida: 15km leve

Obs1:Rota do pedal-> Leme-Pirassununga-PortoFerreira-Sta Rita (pela serra velha)-Tambaú-Sta Cruz Estrela-PortoFerreira-Pirassununga-Sta Cruz Conceição-Leme

Obs2: O pedal de domingo era para ser sozinho, saí de casa as 7 da manhã e na quando entrei na Anhaguera tinha mais 4 caras me esperando... que beleza!!!: Zeca Baiano, Fabiano, Demétrius, e Leandro..... O senhor Demetrius puxou o trem até Porto, e após uma ligação da esposa, retornou para o lar.


Obs3: Tivemos 4 pneus furados, bebi 6 garrafas d água, consumi 7 gels e 1 coca de 600ml

Que preconceito contra ciclistas hein??
Quando falaram que não poderíamos pedalar naquela rodovia, dissemos que o desenho da proibição era de uma MTB, e estavamos de speed. HEHEHE





Demétrius pouco antes de desengatar do trem

















Foto na frente de casa, com o velocímetro marcando os 185km - as 14:39 da tarde de domingo

video

O vídeo mostra o vento que estava domingo...... pelo som e pela força que a galera tava fazendo

Total da semana:

Natação: 20.5km - Bike: 325km - Corrida: 102km

--------------------------------------------------------------

Meus últimos 5 treinos . . .

Meus últmos 5 treinos foram realmente muito bons.
Contrariando os médicos, fisioterapeutas, meus pais, e a torcida do flamengo . . .
Corri ontem............. e bastante.

Ontem:
Corrida: 15km em 1h07 ritmado com subida

Natação: 10 x 400m pra 5´30´´ fechado e médias de 5´10´´ cada tiro

Corrida: 16km em 1h 04 ritmado pra forte

A canelinha de vidro do Ciro doeu, mas fiz gelo e agora a dor ta controlada .
Merda de canela!!!
Tô puto com essa canela!!

Hoje:

Bike: 40km MTB pra 32 de média com subidas

Natação: 60 x 100m

Os 50 primeiros pra 1´30´´ fechado - e os últimos 10 pra 1´20´´
todos com médias de 1´15´´


.

Agora fiquei indeciso . . .


Minha nossa!!!!
Liz hatch ou Federica Pelegrinni??


Valeu pelo vídeo Deco!!!

.



Certa vez Albert Einstein recebeu uma carta da miss New Orleans onde dizia a ele:

" Prof. Einstein, gostaria de ter um filho com o senhor...

A minha justificativa se baseia no fato de que eu, como modelo de beleza, tendo um filho com o senhor, certamente o garoto terá a minha beleza e a sua inteligência".

Albert Einstein respondeu:

" Querida miss New Orleans, o meu receio é que o nosso filho tenha a sua inteligência e a minha beleza".


.

Treinos do fim de semana

Este fim de semana tive a ótima oportunidade de estar treinando em Ubatuba . . .

Sábado:

Bike: 60km pela Rio-Santos no percurso do Meio IronMan Ubatuba

Natação: Por volta de 5 mil metros no mar com neoprene

Corrida: 3km de aquecimento
10 x 400m pra 2 min fechado e médias de 1´20´´ cada tiro
6 x 800m pra 3´fechado e chegando pra 2´43 de média cada tiro
1km solto
Total de corrida : 13 km

Domingo: Paulera!!!!!!
80km pra 24 de média
Pedalei 73km pela Rio Santos com 32 de média, depois subi a serra de Taubaté.
Fiz os 7km de serra com a Speed em 1h cravado.
A bike não passou de 10km/h, e meu coração não diminuiu de 160
Cheguei lá em cima, tomei um banho de torneira, montei no carro e voltei embora pra Leme.
Cansei mas adorei

Já tinha subido a serra de Taubaté de MTB uma vez. Mas de speed é muito mais foda.
Fora a relação de marchas que na MTB é melhor, o pneu tem mais área de contato, e pode se ficar de pé na bike. Com a speed, eu não pude ficar de pé, pois o pneu patinava.
Foi foda!!!!

A noite corri mais 10km leve em Leme.

OBS:
Os ultimos 15 dias não tenho corrido muito, pois estou com uma dor na canela violenta.
Após 7 dias parado, para ver se melhorava, voltei a correr e a dor continuou.
Tirei uma radiografia e confirmou CANELITE.
3 micro fissuras na tíbia esquerda, 2 na horizontal e uma na diagonal, acredito que de grau 1 apenas.
Dói muito........ tenho feito gelo toda noite, pois a canela incha.
Tenho corrido de tornozeleira, e uma meia de compressão dessas medicinais de alta compressão.

To bem chateado com isso, já que falta 60 dias para a principal prova da minha vida.
Não sei se vou conseguir fazer os longões de corrida, como os que fiz para o Iron Brasil, pois dói muito.
Vamos ver....... vou até onde aguentar.


Um sarrinho de Flávio Gomes . . .

Faz tempo que eu não coloco uma matéria no Blog que 99,9% das pessoas são a favor do que escrevo.
A esmagadora maioria realmente acha que o Flávio Gomes falou bobagem.

Então........ ai vai uma brincadeirinha com ele.

Com o nível de conhecimento do senhor Gomes para a natação, ele precisa tomar cuidado para não achar que meu cachorro aqui em baixo é um nadador de verdade.





Não sabe . . . não fala


Quem conhece Flávio Gomes?

Flávio Gomes é um jornalista blogueiro que comenta sobre automobilismo nos blogs, Folha, e na ESPN.

OK . . .

Vendo a prova dos 4 x 100m Medley no mundial de Roma pela TV domingo, em que o Brasil ficou em quarto lugar, e o César Cielo nadou - A segunda melhor parcial da hitória - para os 100m: 46 seg 22.

O record mundial dos 100m que é dele mesmo, é de 46 seg 91, ele nadou no revezamento mais rápido, pois nessa prova não tem o tempo perdido pela reação ao tiro de largada.

muito bom.....

Vendo esta prova, ao lado da minha irmã Gisele, ela comentou que havia visto no Twiter do Flávio Gomes, o qual ela acompanha..... que ele escreveu algo tirando um SARRO do Cielo e da família dele.

Fui verificar, e encontrei as seguintes frases de Flávio Gomes em seu Twiter:

Lembro dos pais de Cielo chorando as pitangas na Olimpíada. Queriam o quê? Que o governo fizesse uma piscina no quintal da casa deles? from TweetDeck

E qual teria sido a contribuição brasileira do Cielo para a humanidade? from TweetDeck

"César é um talento brasileiro, mas o que ele aprendeu, aprendeu lá (nos EUA)". Cacetadas a granel de Ricardo Prado. Sensacional!
2:42 PM Jul 30th from TweetDeck

Brasil não é potência na natação. Pela grana que se gasta, tinha da ganhar muito mais. Certíssimo.
2:30 PM Jul 30th from TweetDeck


Minha análise sobre estas infelizes frases, é:
Por favor senhor Flávio Gomes, continue a comentar sobre automobilismo..... pois de natação vc não entende NADA.
Incrível como alguém que se julga jornalista, foi capaz de falar uma asneira tão gigantesca dessa.

O sr. Gomes, não deve nem saber quantos metros tem uma piscina olímpica..... quanto mais saber o quanto é difícil treinar no nível que o Cielo, e todos da natação treinam.

Para falar uma merda desta, ele nem imagina como é difícil se motivar todos os dias para treinar como eles, que chegam aos 20 mil metros por dia. Ainda mais, sem apoio desse nosso Brasil.

O que Flávio Gomes tem contra César Cielo? Não sei, já perguntei pra ele via email, mas até agora nada de resposta.

Construção de piscina não é necessário não senhor Gomes, apenas apoio para quem se dedica.
PARA QUEM SE DEDICA....

Mais do que uma política esportiva, precisamos de uma cultura esportiva. Investimento nas escolas, nas aulas de E. Física, nos educadores, para naturalmente surgirem novos talentos nos esportes.

Só mesmo quem é ignorante acredita que o Brasil esta tentando sediar a Olimpíada para melhorar nosso país.

Os cartolas querem sediar a Olimpíada, pois vão superfaturar os estádios e as construções, e que se dane os atletas, e o resto dos otários brasileiros como eu.

E frases estúpidas como estas dos Flávio Gomes só deixa mais claro que o que falta mesmo é cultura.

O César Cielo é um novo ótimo exemplo para novas gerações…. é um exemplo de garra, disciplina, de muita força de vontade… e mesmo sem ter um piscina no quintal, foi até Pequim e Roma e fez bonito.

Nós, e os jovens precisamos de exemplos iguais a este.
Espero que a mídia use isso, para que as academias de natação bombem com crianças querendo virar César Cielo.

E me digam...... e daí que ele foi aprender tudo o que ele sabe nos USA??
Pergunte ao cardíaco do Ricardo Prado se ele nunca passou uma temporada fora do Brasil.
Gastamos muito com natação????
E com futebol?? E com o volei???
É tudo proporcional.

E que fique bem claro que ele contribuiu muito mais para a humanidade do que Vc, senhor FlávioGomes.
Pense antes de falar bobagem......

Viva o mundial de Roma que teve a participação de 26 brasileiros e estivemos em 18 finais, algumas com 2 atletas.......
Viva o Cielo, Phelps, Barbosa, FelipeFrança, Caio Márcio, Mangabeira, Joana Maranhão, etc, etc, etc....e claro, a diva Federica Pellegrini, simplesmente MARAVILHOSA

ciro violin

Não se provoca um fenômeno como Michael Phelps

do blog do Phelps . . .

Milorad Cavic falou demais, e perdeu na batida novamente, o fenômeno americano venceu os 100m borboleta e conquistou seu quarto ouro em Roma e mostrou para o mundo que ele vence com ou sem os supermaiô.

Puto da vida e muito motivado para a prova, depois das merdas que Milorad Cavic falou um dia antes, Phelps se concentrou, entrou como sempre, ouvindo música e focado em derrotar mais uma vez o rival Milorad Cavic. Cavic queria escrever mais um capítulo de uma história que começou no ano passado, com a derrota por um centésimo na final dos 100m borboleta dos Jogos de Pequim. No roteiro dos sonhos, a vingança do sérvio seria neste sábado, no Mundial. Entrou no Foro Itálico com uma bandeira do Roma sob os braços. A ideia era contar com a torcida e provocar aquele que estava na raia cinco, bem a seu lado: Michael Phelps. Mas, depois de 49s82, os aplausos eram todos para o “vizinho”. Vitória. Em dobro. O fenômeno americano chegou 13 centésimos à frente do adversário: levou o ouro – o quarto – e derrubou o recorde mundial, que pertencia justamente a Cavic – 50s01, na véspera.

Phelps largou mal e virou em quarto. Cavic liderava com sobras. Parecia que iria levar a melhor no tira-teima. O americano tirou forças de onde poderia e, com uma reação incrível, superou à sua frente. Não se conteve. Esbravejou. Tirou a touca. Socou a água. Mostrava sem parar o maiô.


Na véspera, Cavic tinha dito que não queria saber das reclamações de Phelps contra os supermaiôs – o americano usa o modelo LZR, considerado mais lento que o Jaked e o Arena X-Glide. O sérvio chegou a dizer que poderia comprar um modelo novo para o americano. Mas foi justamente a “roupa velha” que ganhou um acessório dourado.

- ``O esporte agora vai voltar a ser dos homens. Agora, é só o maiô´´

- disse Phelps, referindo-se ao fato de que, a partir do dia 1º de janeiro, os trajes de poliuterano serão proibidos.
Foi o segundo ouro individual do americano em Roma. Depois ser superado pelo alemão Paul Bierdermann na final dos 200m livre, Phelps se superou e venceu os 200m borboleta. Também foi campeão em dois revezamentos, no 4×100m livre e no 4×200m livre.
- Eu sei dos comentários que já foram feitos e me fortaleço com eles. Os comentários me motivam, e eu deixo a minha natação dar a resposta.
Phelps voltará à piscina do Foro Itálico no domingo, para o 4×100m medley, seu último desafio no Mundial. Nas duas vezes que competiu com a equipe americana, somente atrapalhou. Espera, agora, não precisar só dos companheiros para escrever o último capítulo de sua história em Roma.
- Não acredito que alguma vez eu tenha sido indiferente depois de uma prova. Vocês viram pela minha reação o quanto eu queria isso.



vejam o vídeo da prova, e aumente o som