Para abaixar a bola...

Esse vídeo abaixo me fez parar para pensar...

Esse foi um dos vídeos, que vi na minha vida,  que me fez parar para pensar.
Vi umas 10 x e em todas elas pensei e pensei várias coisas.

Comecei a pensar na beleza do lugar.
No como aquelas rochas se formaram?
Quanto tempo para se formarem?
Se o vento ou a chuva foram os responsáveis, e por que não o mar...

Parei para pensar na serra construída que leva os Ser Humano até lá em cima.
Como conseguiram construir aquilo num lugar daquele?
Como eu queria subir de bike aquela serra!

Mas também pensei:

Como somos insignificantes perto do tamanho da Terra.
Se somos pequeninos perto desse Gigante planeta,  quanto somos insignificantes perto do desconhecido, ali fora do Mundo??

E também pensei:

Como nós triatletas somos insignificantes perto desses caras que pulam desses lugares...

Eles estão voando...

Se o Homem pode voar?
Ali esta a resposta.

Imaginem como esses caras se conhecem, como conhecem seu equipamento, e como conhecem o ambiente onde estão.
Não somos nada perto deles
NADA!

Por isso é importante que abaixemos a bola ... e  que nos coloquemos em nossos devidos lugares.










Chinese Scenes from BASE-Book - Matt Gerdes on Vimeo.



Perigoso???

Ah ta...

Perigoso é ficar em casa comendo bolacha recheada com sorvete, e coca cola. 

15 comentários:

cfportugal disse...

concordo plenamente

como dizia meu pai "vida é uma só e é pra valer"

Marlus disse...

Vi uma reportagem no Canal OFF da TV a cabo que o tempo de vida de um praticante desse esporte é de no máximo 6 anos... isso mesmo se o camarada insistir ele vive no máximo 6 anos após o inicio da prática desse esporte... vale a pena conferir a reportagem.... mais com certeza deve ser os melhores 6 anos de vida desses homens e mulheres voadores....

Andre Antoniazzi disse...

Fantástico!!

Rafael Farnezi disse...

Eu tinha que comentar esse vídeo incrível, mas ao mesmo tempo não tem nem o que comentar. Sem palavras, é só assistir e vai saber tudo que gostaria de comentar.
Abs Ciro!!!

Hugo Leonardo disse...

tenho uma curiosidade qto ao perigo qdo comparado ao ciclismo/triatlon... o que será que causa mais mortes???
pode ser uma comparação meio sem nexo... mas me veio a cabeça essa questão....

A briga é muito injusta pra nós... a pancada é grande...
todo dia morre ciclista...
é uma pena...

Fernando Cunha disse...

Grande Ciro! Blz?

Sensacional! Esse vídeo é típico para ser apreciado em alta qualidade de imagem e um bom som....Pois nos remete a fazer justamente o que você fez, pensar...

Que coincidência!!! Há alguns dias atrás eu vi um vídeo sobre esse esporte chamado WINGSUITING (http://www.youtube.com/watch?v=xmlAW_1hgT8), realmente eles são os caras dentro do esporte. Dependendo do tempo de vôo, e não precisa ser muito, os atletas ficam exaustos de tanta força resistente de seus corpos contra os ventos para poder voar de forma “estável”, por trás disso, existe um trabalho muscular incrível.

Um brasileiro chamado Luigi Cani é o recordista mundial de velocidade nesse tipo de paraquedas. Outra coisa interessante usando um paraquedas dessa mesma linha, porém mais tecnológico, foi o que o Felix Baumgartner fez...atravessou o canal da mancha, em torno de 35km em 15 minutos, chegando a velocidade máxima de 360km/h e temperaturas em torno de 68 graus negativos, claro ele estava protegido contra essa intempérie. rsrs

Só ainda não consegui abstrair as palavras abaixo (eu tentei!!! tentei e muito...)

(Como nós triatletas somos insignificantes perto desses caras que pulam desses lugares...

Não somos nada perto deles
NADA!

Por isso é importante que abaixemos a bola ... e que nos coloquemos em nossos devidos lugares.)

Ahh, bela foto postada no topo do seu blog!

Abração.

Fernando Cunha

Ice disse...

Qualé, a Coca-cola é muito gostosa, e aliás, muito triatleta se amarra numa coca-cola, e bolacha é a energia mais rápida e barta que temos durante um treino longo ou prova. O Ciro precisa parar de ser xiita e respeitar as diferenças. Triatleta, ou qualquer outro esportista não é um ser moralmente superior.

Rogerio disse...

Para cada metro que se desce vc vai 3 metros para frente.
No Brasil o Luigi Cane é especialista no voo com o wing suite.
Os mais otimistas e visionários acham que o futuro será de uma decolagem e pouso com os wing suites sem o uso de paraquedas.
Ontem no sportv reporter o tema foi especialmente sobre paraquedismo.
Se vc quer subir uma boa serra no brasil, recomendo a serra do rio do rastro em Santa Catarina, é bem casca grossa.
Abraço
Rogério

Jordão Alves disse...

Paisagem do melhor que já vi. nem imagino poder pedalar ali!!!!
Onde é concretamente alguém pode dizer o sitio para tentar ver no google earth ?
Abraço triatleta.

Pedro Reis e Sa disse...

Ciro, você vai curtir esse daqui
http://pedroreisesa.blogspot.com/2012/02/no-comment.html

Fernando Cunha disse...

Grande Ciro! Blz?

Sensacional! Esse vídeo é típico para ser apreciado em alta qualidade de imagem e um bom som....Pois nos remete a fazer justamente o que você fez, pensar...

Que coincidência!!! Há alguns dias atrás eu vi um vídeo sobre esse esporte chamado WINGSUITING (http://www.youtube.com/watch?v=xmlAW_1hgT8), realmente eles são os caras dentro do esporte. Dependendo do tempo de vôo, e não precisa ser muito, os atletas ficam exaustos de tanta força resistente de seus corpos contra os ventos para poder voar de forma “estável”, por trás disso, existe um trabalho muscular incrível.

Um brasileiro chamado Luigi Cani é o recordista mundial de velocidade nesse tipo de paraquedas. Outra coisa interessante usando um paraquedas dessa mesma linha, porém mais tecnológico, foi o que o Felix Baumgartner fez...atravessou o canal da mancha, em torno de 35km em 15 minutos, chegando a velocidade máxima de 360km/h e temperaturas em torno de 68 graus negativos, claro ele estava protegido contra essa intempérie. rsrs

Só ainda não consegui abstrair as palavras abaixo (eu tentei!!! tentei e muito...)

(Como nós triatletas somos insignificantes perto desses caras que pulam desses lugares...

Não somos nada perto deles
NADA!

Por isso é importante que abaixemos a bola ... e que nos coloquemos em nossos devidos lugares.)

Ahh, bela foto postada no topo do seu blog!

Abração.

Fernando Cunha

Joka disse...

Temos que viver a vida, com um olhar amplo !!!! Abrax

ciro violin disse...

Olhem este vídeo:


http://www.correiodeuberlandia.com.br/diariodeumtriatleta/2012/03/18/video-da-semana-33/

mavfaria disse...

fantastico, mas eu iria gostar mais de subir de bike aquela serrinha cheia de curvas!!!!kkkk

mavfaria disse...

Animal!!! mas eu iria preferir subir aquela serrinha cheia de curvas de bike!!!kkkk