Jogadores de futebol, são atletas?

Aproveitando o último post sobre o Haile que disse que o Ronaldo esta fora de forma, alguns comentários me fizeram questionar algumas coisas (pra variar).

Os comentários  estão relacionados com os jogadores de futebol...

Jogadores de futebol,  são atletas?

Discussão boa essa hein ??

Primeiramente o que é ser um atleta??
Pelo Wikipédia diz:
O atleta é o profissional dos desportos (preferencialmente atléticos) e das atividades físicas. O termo iniciou-se com os que praticavam atletismo, os atletas. Depois estendeu-se aos praticantes de luta (em jogos solenes) na Grécia e Roma Antiga. Também pode significar um homem ou mulher de sólida compleição

Origem da palavra:
Eusébio de Cesareia deriva a palavra
athleta de Aethlio, que estabeleceu competições entre seus filhos



Na minha opinião, é claro que os jogadores profissionais do futebol deveriam se encaixar na categoria Atletas... mas não são todos que honram esta "estrela".


Se o cara é profissional do esporte, ele tem por obrigação ser atleta, ou seja: 
Treinar, se dedicar, comer direito, ter uma vida regrada, dormir cedo, levantar cedo, e bla, bla, bla...


Existem o que fazem assim??


Claro que existem... e muitos.


O problema é que parece que os famosos não fazem.
Caras como aquele Adriano.......... é isso? Adriano... um ogro que o chamam de Imperador, FAZ TUDO ao contrário.
Não sei quem foi o imbecil do imbecil que colocou esse apelido, fazendo essa maldita e burra comparação desse troglodita, com um Imperador.
Será que não sabem a responsabilidade de um Imperador de verdade?

O grande problema que acontece, é que caras como ele, estão totalmente na mídia dia após dia após dia.
Caras como ele, são vistos diariamente por crianças que gostam do esporte futebol....  e que exemplos bons esse ogro dá?

Nenhum.

Outro problema, é que na verdade, ele não é o culpado.
Ele é um pau mandado, crú, que não sabe fazer mais nada a não ser chutar uma bola... nem correr atras da "gorducha" ele corre.
O problema esta na mídia que exalta caras como ele.
A mídia fica falando tudo o que esse ogro faz de ruim, e as crianças, ao invés de verem exemplos bons, dados pelos jogadores famosos, apenas recebem informações e notícias ruins.


Esse é apenas um, mas temos vários exemplos.


Nessa hora, eu concordo que o Adriano não é atleta porcaria nenhuma.


Mas................ é claro que existem.

Na época que eu acompanhava futebol, caras como o Roberto Carlos, quando jogava no União de Araras, passava mais tempo correndo e pulando fazendo agachamento em volta do campo, do que perto de uma bola.
Cafú, eu sei que era um cara que treinava a parte física... 
É obvio que existem inúmeros exemplos iguais, atualmente.

No pedestrianismo, ciclismo, natação é muito diferente.
Por que?
Por que são esportes individuais.
Dependem de vc e só de vc.
Se vc não se regrar.... se não levantar cedo, se não dormir direito, se não treinar e se alimentar bem, vc NUNCA será nada.

Um cara que chega na categoria profissional, em esportes como esses, já são e ja tem uma vida de dedicação, com regras e metas para alcançar.
Pessoas que se profissionalizam em esportes como a corrida, já tem que ter um histórico de disciplina e regras.
Se ele ou ela não forem assim nunca serão nada.
Alias.... se as pessoas não se regrarem, e ralarem, nunca serão os melhores amadores, e consequentemente, claro que nunca terão condições de chegar ao profissional.
Depois que entram no PRO, tudo fica ainda mais regrado, e ainda mais difícil tendo que se dedicar mais e mais.

As vezes vemos acontecer ao contrário no futebol.

Parece que os garotos que tem um dom com a bola, ralam, passam nas peneiras, começam a jogar, marcam uns golzinhos, fazem nome, fortuna, e aí, ao invés de continuarem sendo bons exemplos, continuam jogando e ao mesmo tempo sendo totalmente INDICIPLINADOS, comendo errado, bebendo, fumando, se drogando, não treinando, e sendo manchete de jornais, não por que marcaram um gol, ou defenderam uma bola... e sim por que atropelam, mataram, deixaram de pagar algum coisa, brigas, etc, etc, etc...

Se eles não querem mais jogar..... então que parem e se aposentem.


Eu não tenho nada contra o esporte futebol
Gosto dele como esporte.
Acho um esporte sensacional!!!
Dinâmico, imprevisível, coletivo, agregador.....


O que eu não suporto é a parte que esta em volta desse esporte.
O mundo que caminha ao lado do futebol , é podre.
Infelizmente!


13 comentários:

Andre Antoniazzi disse...

Por isso que Pelé é o melhor de todos os tempo... Além da técnica e inteligência, tinha uma forma física invejável! Pelo menos dizem que ele se dedicava muito a isso... Ronaldinho gaúcho no seu auge erá muito magro, forte, rápido... Mas se perdeu e ficou barrigudo, lento...

Beto Nitrini disse...

Meu comentário sobre o assunto:
http://bnitrini.blogspot.com.br/2011/05/jogador-de-futebol-x-atleta.html

Chamar jogador de futebol de atleta é ofender os atletas.

3 ATHLON NA VEIA disse...

Ciro,
Como vc disse: Boa discussão.
Como já joguei muita bola em minha vida (inclusive cheguei à jogar no infantil do Santos, mas tive que parar para "trabalhar"...isso nos idos dos anos 70) me sinto um pouco à vontade para falar nisso.
E vou tentar resumir ao máximo, se é que é possível.
Penso que o problema do futebol é justamente sua melhor qualidade.
É talvez um dos únicos esportes que dá acesso irestrito à todas as camadas sociais.
Daí uma quantidade enorme de grandes talentos se perderem por nção terem o suporte necessário para zelar por sua profissão, inclusive e principalmente na parte física.
Quando um "talento" sem nenhum suporte sai de uma vida de quase miséria e em pouco tempo começa a ganhar pelo menos R$ 300.000,00 por mês, perde o rumo do "certo e errado" e passar a viver somente aquele momento.
Hoje agradeço por não ter seguido no "mundo da bola" e saber dar valor ao que construo no dia a dia com muito suor.

Ironman 2012 !!! disse...

Oi ciro, essa materia foi retirada hj(quinta feira dia 22) no ig e tem relação ao assunto abordado por vc hj... da uma olhada... http://esporte.ig.com.br/lutas/dana-detona-o-futebol-e-diz-que-nao-e-preciso-ter-talento-para-j/n1597704182669.html

abssssssssss

Ulisses Franceschi Eliano disse...

Não poderia concordar mais com você. Perfeito. Digo isso o tempo todo. O esporte, é bacana, mas os ídolos e o que está por trás dele, ridículo e merece todo meu desprezo. Sem contar que as pessoas que mais "entendem" de futebol normalmente são os bebuns, fumantes e obesos.

NEWTON LEITÃO disse...

excelente mais uma vez Ciro...muito bom seus textos, tem que sair essas coisas que vc escreve em materias publicas....e cada vez mais criar pra vc um grupo que já pensa assim e até um dia inverter essa mídia podre a que se refere...grande abraço pra vc meu caro...

Vagner disse...

Bom, eu generalizaria bem menos...

Estamos falando do Leonardo, do Rai, Caio, Junior, Zico, Tostão, Falcão, Reinaldo, Zenon, Leão ou do Jorge Mendonça e do Garrincha?

Estamos falando do futebol como esporte ou estamos falando do futebol no Brasill?

Se for como esporte de forma geral, alguém acha o Zidane a mesma coisa do Ronaldo? E figuras Beckenbauer ou Cruyff?

Então eu acho que o futebol tem atletas, sim. Os exemplos do Cafú ou do Roberto Carlos, citados ai no texto vai na mesma linha...

E esses caras tiveram tanto ou mais mídia que o Adriano.

Como disse uma vez o Sócrates e, agora, o Paulo André do Corinthians - a maioria dos jogadores de futebol não tem estrutura educacional para lidar com esse mundo do puro business.

Parte dos jogadores que hoje estão na faixa dos trinta anos ou mais cresceram antes da implementação do estatuto da criança e do adolescente - ou seja, os clubes podiam tirá-los da escola sem que nada acontecesse.

O Rivaldo, por exemplo, não sabia assinar um passaporte quando foi para a Europa. Ele nem completou o ensino fundamental - aliás, mesmo hoje, com muito custo, essa meninada pelo menos cursa o ensino médio.

Ai quando a carreira termina, com muita sorte esses caras viram donos de posto de gasolina...

Com muita sorte....

Rafael disse...

Acredito que a maioria dos jogadores é atleta de verdade sim.
Infelizmente a visibilidade dos baladeiros é maior do que deveria.

Ice disse...

Bobagem tentar desmerecer o futebol profissional. Quem já assistiu de perto uma partida de futebol profissional, mesmo que da segunda divisão de um estadual, sabe a intensidade do jogo, e é claro que é preciso ser atleta pra fazer o que os caras fazem. E mais de 90% dos jogadores são atletas, basta ver a barriga de tanquinho quando estão sem camisa. Adriano e Ronaldinho não são parâmetros pra nada. São esportistas cheios da grana que não querem mais se esforçar, caras assim existem em todos os esportes.

Ice disse...

Bobagem tentar desmerecer o futebol profissional. Quem já assistiu de perto uma partida de futebol profissional, mesmo que da segunda divisão de um estadual, sabe a intensidade do jogo, e é claro que é preciso ser atleta pra fazer o que os caras fazem. E mais de 90% dos jogadores são atletas, basta ver a barriga de tanquinho quando estão sem camisa. Adriano e Ronaldinho não são parâmetros pra nada. São esportistas cheios da grana que não querem mais se esforçar, caras assim existem em todos os esportes.

Daniel disse...

Ciro, a minha opinião é: não são atletas!
Claro que generalizar é cometer injustiças. Muitos se dedicam, cuidam do instrumento de trabalho e tem vida longa, sem grandes históricos de lesões.
Por outro lado, somos obrigados a refletiIr sobre as condições sócio-econômicas e origem da esmagadora maioria dos nossos atletas do futebol.
Em qualquer favela que se vá, a molecada não quer saber de estudar e melhorar de vida. É bem mais fácil se enfiar em todas as peneiras possíveis, com o sonho de virar Neymar, Ganso, Lucas e etc..., com carrões, festas, loiras gostosas, grana e (o que eles não sabem), gente interesseira.
Difícil julgar.
No meu trabalho, já tive contato com todos os tipos dessa espécie de atleta. Alias, a coisa mais fácil do mundo é identificar um jogador de futebol no meio da multidão. Todos se vestem igual e têm a mesma atitude. Já atendi jogador cheirando a cigarro, cheirando a bebida, jogador que pediu pra mentir o resultado do exame atestando lesão pra não jogar (e também médicos pressionando para minimizar lesões pra ver o cara em campo), nego casado dizendo que comemorou campeonato com duas loiras gostosas, nego que mente a idade (famoso gato), os que se acham e querem elevador privativo para não terem contato nenhum com a "ralé....pro meu desgosto pessoal, meu maior ídolo no futebol)....mas também muita gente boa. Na verdade, a maioria deles, muito "gente boa"
Enfim, repito...não são atletas da forma como voce bem definiu...mas não quer dizer que não procure entender que quase ninguém esta preparado para sair da pobreza absoluta e ganhar uma grana que nunca esperou ganhar na vida.
Ahhhhhh....,e na época do auge da polemica sobre o peso do R9....ele realmente não parecia tão gordo!!!!! Tenho uma foto com ele nessa época (diferente de agora que além de gordo está inchado de tanta cana).
Muito legal seu post.

Ulisses Franceschi Eliano disse...

Ciro, fiquei pensando nesse seu post e percebi uma coisa também. Se pararmos para pensar, quando você fala de resignação, alimentação, esforço do noss esporte e outros esportes de endurance, falamos de uma percentagem pequena de atletas. O que mais vemos hoje em dia são atletas destrutivos, que bebem, saem de balada, comem mal, e fazem provas como baladas diurnas e sempre extendem aquele lema do "estou aqui para curtir". Isso porque está em uma maratona ou um 70.3, não em uma prova de 5km. Portanto, não sei até que ponto também, "temos moral" para falar dos jogadores de futebol. Talvez atletas que se dedicam em todas as suas modalidades tem moral para falar de qualquer atleta que não se dedica, incluindo-se aqui os jogadores de futebol, mas daí também a dizer que nosso esporte promove atletas híper dedicados, tenho lá minhas dúvidas. Tem muito bizarro por aí também que tá a fim de ter resultado comendo coxinha e correndo com pança.

ciro violin disse...

Conversando com meu cunhado, sobre este post, ele disse que no Barcelona as coisas são bem diferentes , das que ocorrem aqui.

Parece que lá, os dirigentes prezam pela simplicidade.
Lá,os jogadores do time titular, são aqueles que são formados no proprio clube.
Dos 11 jogadores titulares, 7 ou 8 são formados no próprio clube, com as caracteristicas do clube, com os conceitos e filosofias do clube.

Exemplo disso é o Messi.
Cara que não tem brinco de brilhantes, não tem cabelo cortado na moda, que não se mete em briga e que treinar pra caraleo, e não é a toa que com 24 anos se tornou o maior goleador da história daquele clube.

Outro exemplo é que o Barcelona acabou contratando sei la quem, sei lá quando, um goleador na Europa por duas temporadas, e que pagaram milhões por "seus serviços"..... e quando ele chegou em seu primeiro treino com uma Ferrari, os dirigentes pediram para que ele não viesse mais com aquele carro.

Parece que no clube tem uma cartilha que diz até o carro "maximo" que os jogadores podem ir.

Isso é prezar pela simplicidade, conceitos e princípios....

A ideia deles é que como apenas 5% dos jogadores fazem fortuna, não pode se criar expectativas nos jogadores que são, ou que nunca serão estrelas.

Esse tal cara de nome difícil mandou um dane se e voltou aos treinos de Ferrari... e foi mandado embora.

Muito legal essainformação... não sabia disso.

Não é a toa que eles SE chamam de CLUBE..... e não de time.