Informação desnecessaria...

Reforçando e complementando o texto do Betão Nitrini em seu BLOG . . .

Não entendo o por que os jornalistas insistem em colocar os preços dos equipamentos de Triathlon em suas matérias e reportagens....
Sábado, dia 31, saiu uma reportagem sobre nosso esporte na Folha de SP.

Fizeram uma matéria com o pessoal do Rio de Janeiro, em uma página inteira muito bem escrita, apenas borrada pela maldita informação DESNECESSÁRIA de que uma bike de triathlon custa 10 mil reais.

Não entendo o por que precisamos tanto elitizar esse esporte com cifras de dinheiro.

Não podemos elitiza-lo de outras formas??

Por que não podemos falar mais sobre outros assuntos que são muito mais interessantes?

Por que não podemos falar mais sobre:
Que o praticar triathlon, a pessoa aprende sobre humildade, organização, educação, auto controle, disciplina, fisiologia, alimentação, clipa, amor, compaixão, amizade, mecânica básica de bicicletas, trabalho em equipe, etc, etc, etc...
.... temos que sempre falar que nossas bicicletas custam milhares de reais???

Além de espantar as pessoas, ao saber o custo do esporte, a informação acaba chamando ladrões para nos roubar.

Por favor:

NÃO DIGA QUANTO SUA BIKE CUSTA.
Pense em algo mais interessante para dizer sobre seu esporte.

Se o jornalista insistir, negue se a dizer, e mostre com argumentos interessantes o por que não é necessário falar o preço da sua bicicleta.




















.

11 comentários:

Rogerio disse...

Podemos fazer um grande manifesto, nos unir e publicar materias sobre isso, minha bike nem de longe custa isso e treino com uma bicicleta sundown, simples de tudo, minha bike tt é só para as provas ou para treinos de transição, mas o dia a dia é feito com uma bicicleta bem barata.
O esporte e sua essencia estão acima dos valores monetários e isso não dá IBOPE.

LODD disse...

Cara,

Eu li a matéria da folha e fiquei chocado. Primeiro, nada contra o pessoal do RJ mas sendo a folha de SÃO PAULO, será que eles não poderiam falar sobre a rotina dos atletas daqui? Principalmente os da capital com os problemas de logística pra treinar?

Outra coisa, ta inflacionado o triathlon no RJ heim? R$ 800 pra treinar? Pior, R$ 5mil em equpamentos de segurança? Será que isso inclui contratar segurança armada especializada pra previnir o roubo das bikes de milhares de reais?

As vezes eu me pergunto se isso tudo é culpa somente da jornalista competamente despreparada?!!?

Eu fiquei revoltado, e mais uma vez mandei uma carta pra redação!

LODD

Ice disse...

Triatleta gosta de se gabar no que tange às suas condições financeiras privilegiadas.

Emiltri disse...

Se o cara é triatleta é só mais um poser do cacete....

Triathlon??? Simples: óculos de natação+barra forte+qualquer tenis

ciro violin disse...

Na reportagem, diz que é preciso usar 6 pares de tenis por ano...
A bike é de 10 mil...
Os equipamentos de segurança, mais 5 mil...
Um treinador custa 800 reais/mês...


Minha bike NÃO custa 10 mil.
NÃO gasto 6 pares de tênis por ano.
Meu capacete custa uns 400,00.
Não tenho técnico.

Então, não sou tritleta.

Aninha disse...

O pior é que as pessoas de fora olham e falam:
"Nossa! Eles acordam as 4h30 p/ pedalar..."
Se a jornalista fizesse essa matéria em SP, e fosse "a campo" neste horário numa terça ou quinta-feira na Cidade Universitária, observaria que faz parte da rotina do triatleta paulistano ver o sol nascer na raia da USP.
Como o LODD falou, nada contra os cariocas... Não é isso!
Mas, realmente... O Ciro tem razão!Existem 1 milhão de coisas para se falar sobre triatlon... antes de qto se gasta com o esporte!
Na verdade, o legal seria muito legal se esse padrão mudasse... "menos é mais!"
Já pensaram se os triatletas resolvessem adotar o padrão oposto: "quem consegue gastar menos e andar mais?"
Depois não sabemos porque cada vez mais aumentam os roubos "das meninas" por aí...

Bruno D'Angelo / Luli disse...

Eu já disse diversas vezes que o esporte da FALHA DE SP é uma merda!
Desculpe o palavreado,Cirão, mas eles são realmente mal intencionados.
Um grande abraço e feliz 2012.

Marlus disse...

É por essas e outras que a gente tem que ter 2 bikes, uma pra treino e outra pra competição... graças a essa mer** de mídia...

É triste mais é a realidade... a mídia hoje em dia serve só pra manipular a população... tudo que sirva como uma maneira de alavancar mais anunciantes, tornando o jornal mais lido ou mais falado...

O que faz sucesso com a população é saber que Neymar ganha 3 milhões de salario, que a bike custa 2 milhões que a mulher se jogou da sacada da janela com o filho... tudo que é desgraça e que envolve dinheiro atrai mais as pessoas a comprarem o dito jornal ....

LeandroDasler disse...

Seu artigo Matou à pau.. Realmente.. e muito mais bem pensado que essa &¨%$ que a Folha escreveu.
Sou do ABC e cada vez mais ficamos preocupados de pedalar vendo que matérias como essas estão circulando.
Acho que isso refere-se muito à situação do TER e SER que vc sempre fala. É gente querendo ser poser (via Emiltri) de um esporte que não precisa disso tudo para começar.
Uma pena. Mais uma dificuldade que se coloca.

Marlus disse...

Olha o que eu disse, a mídia só vai expor o que traz LUCRO para ela, olha a capa da revista ÉPOCA:

http://literatortura.wordpress.com/2012/01/02/a-epoca-do-bom-senso-ja-passou/

ciro violin disse...

Belos argumentos do texto....

Ainda não escutei, e nem quero escutar essa música