Pira 2010

Ontem foi uma grande prova!!!!!
Mais uma vez Pirassununga foi uma grande prova!!!!!

Mais de 300 caras no short no sábado, e mais de 500 caras no Long.

Toda prova é um aprendizado.
Imagine se sentado numa carteira de escola com um lápis na mão e uma folha de anotações prestando atenção no que um educador explica.

Toda competição é uma dessa, e daí, aprendemos muitas lições.

Só que a de ontem foi:
Aula, aula de reforço, prova, mais aula de reforço e a recuperação TUDO junto!!

Minha nossa... que sofrimento!!!!!

O Arthur Alvim disse que não encontrou harmonia entre ele e seu equipamento.
Eu digo que não encontrei harmonia nem entre eu e meu equipamento, nem entre eu e eu mesmo.

Foi um dia estranho... mas no final a lição que fica sempre é ótima.
Ganhamos mais experiência e isso é o mais importante.

Gostaria de dar os parabéns ao Rafael Brandão que mandou muito bem.
Ontem, ele estava com um motor de popa amarrado no macaquinho na NATAÇÃO.
Estava de moto, e não montado numa bicicleta.
E estava de patins e não de tênis.

Fechou com incríveis 3h57 e abaixou meu melhor tempo na AFA que era de 4h cravado.

Parabéns também ao Arthur Ferraz do Pinheiros que não estava de bike e sim montado numa moto ontem, pois passou por mim, pelo Mansur e pelo R. Gonçalves como se estivéssemos de tico-tico-velotrol.

O Fernando Ferreira em seu primeiro Meio... quase me pegou no final. Tive que fazer tanta força que parei na maca depois da linha de chegada.

Isso mostra o nível que esta o triathlon amador no Brasil.

Para vc que reclama e pensa em ganhar no TAPETÃO:
Se espelhe nesses caras...
Lembre deles quando sair pra correr, na bike ou na natação.
Peça dica para eles.
Rale como eles....
Não fique fazendo comentários burros sentado na frente de um computador.... levante daí e vá treinar.

Tira los da categoria não vai fazer com que vc ganhe uma prova.
É vc mesmo que vai ter que fazer isso SOZINHO!


Eu.... bom.... eu tomei uma surra de mim mesmo primeiro, e depois uma surra do Brandão e do Arthur, e do clima também.
Sofri como nunca ontem e pensei em parar muitas vezes.
Andei nos 21km...coisa que não acontecia à uns 5 anos.

Eu estava tão mal que pensei em ficar deitado na poça de lama que tinha dentro do bosque no km 8 da corrida.

Foi horrível..... mas também foi ótimo!

Ganhei mais experiência..... e pra mim isso que vale.
Me conheci mais um pouco e esse é um dos meus objetivos.

Agora férias.
2011 tem bastante provas pela frente!

Parabéns pra todos que terminaram..... nunca ví tantas desistências em Pirassununga como ontem.
Ah... E o almoço para os atletas depois estava demais!!!!


Resultados top 10:
Masculino
1. Santiago Ascenço 3:53:13
2. Rafael Brandão 3:57:21
3. Antônio Mansur 4:01:52
4. Ivan Albano 4:03:45
5. Marcelo Boschard 4:07:49
6. Arthur Ferraz 4:12:07
7. Ciro Violin 4:13:07
8. Edson Ferreira 4:14:19
9. Maurício Letzow 4:15:29
10. Rodrigo Ferreira 4:16:06














Eu, depois da chegada, depois da maca, depois de beber 1 litro de refrigentante, com muito frio
Foto: Minha prima Renata

17 comentários:

Xampa disse...

Parabéns !!!!
Sempre tirando leite de pedra, PQP !!!
Boas férias !!!!

Fernando disse...

PowerCiro, show, valeu por dividir a história da batalha campal! boas férias e 2011 socabota.com!! abraço ae

Daniel disse...

É isso aí Cirão!!! Faz um tempo já que não comento aqui, mas estou sempre lendo e me espelhando em caras como você!!! Valeu por ser exemplo!!! Abraço

Rogerio disse...

Essa prova mostrou o sentido da palavra profissional, que tem a ver com o comprometimento e anos a fio de treino.

Tiago Sousa disse...

Cirão, você não tem que provar mais nada para ninguém, nem para você mesmo. Ontem dentro dos problemas que teve tenho certeza que fez o melhor do melhor que podia, pois te conheço e isso é a maior vitória para nós que gostamos do que fazemos e não simplesmente fazemos por fazer ou mostrar. Cara, não devemos encontrar mais esse ano em provas, mas já vai aqui um super parabéns pelos resultados do ano de 2010. Espelhamos muito em você. PARABENS !!! Tiago de Uberlândia.

TR3 disse...

Valeu Ciro.
Esse ano voce fez muito e é ser humano.
Abração e boas férias.

juliano disse...

Parabéns por ser guerreiro e terminar, eu e Anderson Ferreira marcamos a diferença do Artur p/ vc e falamos pra vc , e vc respondeu "quer q eu pare aqui ou no retorno " e nos gritamos vai embora e pega o Artur .Eu vi quanto sofreu .... Parabéns cara!
Juliano Bontorim

Fernando disse...

Fala Ciro,

Estava em Pira tbem e de fato estava muito quente, a segunda passagem na rua de terra é sempre infernal. Já tinha achado que tinha ido bem, depois do seu relato fiquei mais feliz ainda rsrsrsrs. Mais um aprendizado.

Abraço.

Fellipe Pinho disse...

Parabéns Ciro!! Também tive as mesmas vontades de você, mas com muita dor consegui completar. Realmente foi um grande aprendizado, e percebi que forçar d+ em uma modalidade pode pagar o parto em outra. Grande abraço

Aliane Cruz disse...

Parabéns Ciro. Estava muito abafado aquele dia, mesmo sem o sol aparecendo muito, o mormaço tomou conta...

Fui te comprimentar, e vi como você estava tremendo...Precisava trocar uma idéia com você, mas sem chance aquela hora...o negócio tava feio...

Bom, agora é recuperar, descansar, pois o descanso também faz parte do treino.

Boas Férias e parabéns novamente.
Parabéns para o Murilão também...

Joka disse...

É isso ai Ciro, parabéns por sua força, determinação e humildade. Boas férias guerreiro.

Rommel Reno disse...

Realmente tirar ensinamentos nos momentos dificeis realmente precisa ter muita cabeça.
Sou médico cirurgiao e conheci o triathlon esse ano, foi amor ao primeiro sofrimento, nesses poucos mais de seis meses de triathlon venho avancando no meu horario de treinamento e nas melhoras, conseguindo ja ter terminado um 70.3 abaixo de 5 horas q foi minha maior vitora do ano Pratiquei surf e windsurf por muito tempo(quase a vida toda mas conciliar trabalho com inumeras hrs de mar e vento comecou a pesar) e o maior ensinamento q trouxe desses esportes é que o crescimento é maior se vc tem adversarios duros e bons o suficiente pra te puxarem sempre pra um nivel acima...
Parabens pela conquista em Kona!!! E realmente os amadores brasileiros te tem como inspiracao e espelho pra manterem o nivel do triathlon amador(pessoas q amam o esporte mas q tem uma vida de trabalho dioturnamente) e quem sabe conseguir supera-lo um dia.

Jorge disse...

Ciro, VOCÊ É O CARA!!!
Parabéns mais uma vez!!!

Arthur Ferraz disse...

Parabéns Cirão,
É sempre uma honra competir em uma prova com tanta gente boa, depois de treinar tanto e ter que ficar fazendo as contas do tempo de melhorar a natação, abrir no ciclismo, segurar na corrida, ou recuperar nela.
Tenho certeza que pra você também uma prova dessas vale mais do que uma vitória competindo sozinho.
Mas queria deixar registrado minha admiração pela sua coragem e disposição de largar, competir e terminar. Ainda mais você que não precisa provar nada pra ninguém além de vc mesmo.
Muitos arrumariam desculpa para só ir assistir e receber os parabéns por Kona, ou pra parar quando não estivessem na frente para não dizer que perderam. E quem conhece sabe que se a prova for hoje é capaz do resultado ser outro.
Mas somos todos humanos, ao contrário do que alguns tentam dizer, apenas estamos nos espelhando uns nos outros para nos superar a cada dia mais, pois sabemos que em uma prova não precisamos ser melhor que ninguém. Apenas estar melhor naquele dia.
Grande abraço.
P.S. a coisa mais animal da prova achei o cara que foi o quinto da categoria feliz pra caramba por ter se superado e estar no pódio com você. Isso é o triathlon que eu pratico.

Ulisses Kbelo disse...

Ciro,
Tenho pouco tempo de triathlon, mas sou absurdamente determinado. Adoro o esporte, estudo e treino como louco.
Domingo, aconteceu algo que eu jamais iria esperar. Subi no pódio da 30-34, em quinto lugar. Para caras como você que estão no esporte a muito tempo e já fizeram coisas memoráveis e devem ter uma sala com troféus, isso talvez chega a ser ridículo, mas para mim, raros foram os momentos que fiquei tão feliz na minha vida.
Mais do que o troféu de plástico do Long Distance, sair numa foto de pódio com você, Rafael Brandão, Arthur Ferraz (não conhecia ainda a história do Francisco Sartore), foi mais que um troféu. Muito mais. É quase algo inacreditável.
Quanto ao que escreveu no Blog, cara, só te falo uma coisa. Você estava cansado de TANTA prova com alta performance que vem fazendo. O que fez no Hawaii foi surreal e aquilo deve ter te derrubado um pouco. Afinal, de aço você não é. Sinceramente, acho que você foi bem pra caramba, visto às circunstâncias.
Quanto aos caras que dizem que você, Brandão, etc deveriam se profissionalizar, pro diabo com eles! Ninguém mais do que eu, que peguei 5o da categoria poderia querer isso, mas NÃO QUERO! Cheguei na frente do primeiro da 25-29, mas sou muito mais sair em um pódio com vocês, em quinto, do que em primeiro, com vocês no profissional. Quero ver o esporte crescer em todos os níveis! Amadores e profissionais! Não quero treinar pra pegar caras que estão a 1min na minha frente, quero treinar pra pegar vocês! A elite da elite! Mesmo que eu nunca consiga, é isso que torna o esporte animal. Senão, vou tocar violão ou fazer outra coisa qualquer...
Abraço, parabéns e vá descansar, que ano que vem já vi que teremos um triathlon amador de alto nível, visto o que o Rafael Brandão fez.

Ulisses

Ciro disse...

Ulisses....
PARABÉNS POR SUA PROVA!!!!!!

Vc tem a foto do podio do long distance??
Faco questão de colocar no BLOG

Ulisses Kbelo disse...

Oi Ciro
Mandei no ciro@violin.com.br...é esse???
Abs