Até onde isso é paixão?

Vejam este vídeo, onde Alberto Contador - ( ciclista da equipe Astana e talvez o HOMEM a ser batido em qualquer prova que esteja ) - quando ele sobe o el Angliru que é uma montanha numa destas voltas que existe na Europa.

Reparem nos torcedores.

Eu não consigo identificar se esse povo que corre como maluco atrás do cara, infernizando, e atrapalhando um momento de extrema concentração, onde qualquer pequena coisa atrapalha.... não consigo identificar se eles gostam mesmo do esporte ciclismo, se estão querendo aparecer, se são sem educação mesmo, ou estão fazendo de tudo para atrapalhar o cara.... sim, pois ajudar mesmo ninguém esta ajudando.
Só atrapalhando.

Estas Voltas estão cada vez mais disputadas, onde os cilistas tiram gramas atrás de gramas do equipamento.... se especializam cada vez mais.... treinam cada vez mais.... Não é possível que as organizações não vão fazer nada pra educar este povo chato e sem educação que corre atrás dos ciclistas no meio da montanha.

Não..... não é possível!!

As organizações poderiam perguntar para os ciclistas... se esse povo atrapalha mesmo ou não.

Pois se não pode impedir a entrada deles nas montanhas... e acho que nem é essa a ideia, pois o ciclismo na Europa é um dos primeiros esportes, mas pelo menos ver imagens e punir esses babacas que querem aparecer.
Ou colocar batedores de motos ao lado dos caras... sei lá

Eu fiquei extremamente desesperado com vontade de empurrar esses caras ladeira abaixo... pois tamanha era falta de educação para com o ciclista.

E olha que eu nem curto muito esse Contador... vou torcer contra ele no Tour ,pois acho ele metido demais.
Mas .... vamos lá né..... que ele perca para outro ciclista na pista, força contra força, e não com um MALUCO destes empurrando e tirando a concentração do atleta.

25 comentários:

Manequinho Correia disse...

Muito legal seu blog... Eu gosto muito deste tipo de esporte. Eu corro e tbem pedalo.. Um dia chego lá.. Boa sorte e sucesso

Augusto disse...

Ciro...

Como não temos costume de torcer pelo ciclismo, algumas coisas não entendemos.

Essas cenas são normalíssimas no ciclismo de estrada, menos nas provas de CR.

Nas subidas então, onde o atleta reduz muito o passo isso acontece.

Existem figuras folclóricas como o Didi e sempre tem alguém correndo atrás do ciclista.

Naturalmente, quando há um contato físico, este tipo de torcida deixa de ser interessante. Existem casos onde o torcedor está xingando o atleta e aí eles se estranham.

Mas no geral, isso é bem visto por todos. Torcida e atletas. Todos adoram.

A percepção de invasão neste caso é diferente, pois não gera aquela coisa de TODOS invadirem, ou alguém entrar no meio de um contra-ataque.

É pontual. E plasticamente faz parte do evento.

E convenhamos, os atletas precisam dos torcedores, afinal é o fato deles serem apaixonados que faz do esporte algo rentável.

Não se esqueça que nos estádios de futebol e nos ginásios na Europa, não há grades que separam o público dos atletas.

A visão é outra, ainda que ocorram problemas.

Pode ter certeza que entre eles não figura essa vontade de impedir as invasões.

Elas ajudam mais do que atrapalham!!!

Dino disse...

Ciro.

Como voce disse, o ciclismo é um dos esportes mais tradicionais na Europa e esse tipo de torcedor faz as mesma coisa a decadas. Os ciclistas crescem competindo com aqueles torcedores ali do lado, para eles é normal, pois antes de serem profissionais ja viram aquelas cenas.

Oque houve com aquele post do Claro 85 km ?
Voce tirou depois que citaram voce com patrocinios e qualidade para ser um profissional tirando a vaga dos amadores para o Hawaii ????

Nao entendi...

Abracos

Dino B.

Max disse...

Cirão,

eles fazem o que os brasileiros fariam se pudessem entrar no estádio e acompanhar os jogadores nos momentos finais. Não é maldade - e paixão sem noção. Faz parte do ciclismo na Europa, e está começando a fazer parte nos US. Daqui a uns 200 anos teremos a mesma coisa no Brasil.

m.

Anônimo disse...

Ciro:
Na Europa, o ciclismo é super difundido. O caderno de esportes de qualquer jornal lá tem páginas e páginas devotadas ao esporte ue perde somente para o futebol. Como rola uma paixão por parte de quem assiste, estes arroubos são, até certo ponto, aceitáveis.

Grande abraço e continue "postando",
Negão.

Blog do Ferreira disse...

Oi Ciro,

Confesso que não identifico essas pessoas como "babacas".
Vejo como torcedores apaixonados por um esporte.
Eu pessoalmente acho que seria um grande incentivo para qualquer ciclista ter uma torcida entusiasmada a seu lado, dando força.
Triste é ver um Tour de Santa Catarina, escalada da Serra do Rio do Rastro, com meia duzia de pessoas acompanhando a prova...

Parabéns pelo seu blog, acompanho diariamente e é uma grande fonte de inspiração para mim.

Abraço.

Ferreira

Ciro disse...

Desculpa gente, respeito a opinião de todos...mas acho que estes caras não sabem o que é paixão por ciclismo.
APOSTO E GANHO que no meio daquela multidão, tem MUITOS apaixonados por ciclismo, mas que não sairam correndo atrás do ciclista falando na orelha, gritando e tirando a concentração daquela maneira.

Talvez... e apenas talvez......... eles queriam ajudar... mas não é a maneira correta.
PRA MIM, é uma falta de educação.



Dino... vc não entendeu o que??????????????????????????

Vc acha mesmo que eu tiraria um POST sobre UMA PROVA DE CICLISMO do ar, por que me questionaram sobre patrocínios e sobre correr triathlon no amador ou não????

Vc só pode estar de brincadeira né?

EU TIRANDO A VAGA DE AMADORES PARA O HAWAÍ????

Desculpa, mas vc não merece resposta aqui no BLOG.
me mande um email: civiolin@hotmail.com

Vc terá a resposta que merece por email.

Anônimo disse...

Ciro,

Vai treinar e para de caçar assunto!!! Quem dera tivessemos pessoas assim interessadas no ciclismo! Corri a maratona de SP esse fim de semana e as poucas pessoas que tinha durante o percurso torcendo já faziam diferença, imagina a galera gritando no teu ouvido te incentivando vc a subir aquelas pirambas! Só não queria ser o Lance no Tour, pq os franceses devem xingar muito ele!!! Com a proximação do Iron, vc deve estar diminuindo o volume de treinos e com muito tempo para pensar :)

Marques

Xampa disse...

o cara tem que ser muito focado. eu daria na cara do torcedor.

Anônimo disse...

Tópico infeliz, assim como o do claro 85km!!! Será que você entende o que é paixão pelo ciclismo? Qual teu ídolo brasileiro de ciclismo? Já o viu pedalando em alguma prova?

Talvez nem tenhamos esse tipo de pessoa aqui no Brasil, o que claramente mostra a diferença de CULTURA.

Não que você não tenha, mas o brasileiro não tem. Não está acostumado. Assim como não entendemos nada de rugby, tem gente pelo mundo que é alucinada por esse esporte.

Não tenho a resposta, mas pergunte ao Lance se ele gosta ou não desse contato com o público.

Abcs

Ciro disse...

Por que será que quem mete o pau, sempre se esconde atrás de um outro nome, ou publica o comentário como anônimo?

Me mandem um email e vamos conversar. Não se escondam. Não fiquem atrás da moita jogando pedras. Aparecam, para joga las.

Yuri Sá disse...

Hahaha, se fosse no Brasil nossa "autoXenofobia" iria dizer que só no Brasil uma coisa dessas acontece, que na europa isso ou aquilo, que nós somos muito atrasados....? E quando a referencia (Europa) faz a merda?! é a Humanidade que não presta?!

Daniel disse...

Cirão não da bola pra essa gente não, o blog é seu, você posta sua opinião sobre o que quiser e pronto, quem não quiser ler não leia, existem outros blogs no universo.......


E eu vou continuar te admirando, torcendo por você,me inspirando em você, seja no amador, profissional, terceira idade.......

AnaMaria disse...

Não concordo nem discordo. Apenas acho o fanatismo muito complicado em qualquer área.
Uma pessoa fanática demais por alguma coisa demostra total falta de equilíbrio, e afeta todos a sua volta.
No esporte não é diferente.
Acho que um torcedor fanático tanto no futebol, no ciclismo, no voley, ou no basquete, cria problemas à sua volta atrapalhando o esporte.

É visível no vídeo que o A.Contador em determinado momento ficou bravo, que tentou até dar um murro no torcedor, mostrando que ele não concordou com aquela atitude.

Torcer muito sim, ser fanático atrapalha .

Apenas lembrando que em seu retorno para o Tour de France em 2009, L. Armstrong disse algumas vezes que sentia receio, e medo de estar próximo demais dos torcedores nas montanhas, já que muitos franceses não gostam tanto do atleta.

Joka disse...

kkkkkkkkkkkkk.... Karakas é incrivel como os leitores fogem do assunto e embarcam numa briga sem sentido !!!! Sei lá, abrax Ciro... nem posta essa porra que eu escrevi...

Bruno disse...

Ciro,

Como alguns já disseram é diferença de cultura. Imagina o que pensariam quem não tem cultura nenhuma sobre futebol em pessoas se matando e brigando por conta de um resultado?

Pessoas ali passam horas esperando por um único momento perto de seu ídolo. Um exaltam de uma forma e outros de outras. Temo o Didi que é o Diabo que fica nas subidas do Tour que é respeitadissimo.

Temos também histórias dos torcedores que cuspiram no Lance e mesmo um cara que deu um soco (tem esse video no youtube) no baço do Eddy Merckx entre outras histórias.

Uma etapa do Tour leva as ruas e as montanhas quase um milhão de pessoas. E já imaginou isso em uma etapa rainha? com chegada no Alpe D'huez? é muito mais gente que isso.

As grandes voltas significam muito na história da Europa, avós que levam os netos assistir as corridas, assim como aqui pais levam filhos no estádio para gritar, torcer e falar mal da coitada da mãe do juiz.

Se você fizesse o Tour você não ia gostar de receber um incentivo? ver seu nome escrito no chão?

Pense nisso... abraço!

Aliane Cruz disse...

Gostei do que o Daniel disse. Cada um tem uma visão e opinião sobre as coisas.
Concordo com você e descordo ao mesmo tempo sobre o assunto, mas por isso não é motivo para tirarmos sarro do que a outra pessoa pensa e sim argumentar da melhor forma sobre o que pensa sobre o assunto, sem predradas,né...
Já pensou se todos pensassem igual, seria chato, hem...

Assisto todo ano ao Tour da França, e sempre vejo este acontecimento nas etapas de montanha, até achei esquisito no ínicio, mais descobri que é comum, uma maneira de motivação...

Abraço Ciro. Continue com os posts!!

Marcelo Halas disse...

E ae Cirão blz?? Referente ao vídeo, cena rara em qualquer tipo de esporte no mundo, não me lembro de ter visto uma cena desta em outro esporte, a não ser, numa partida de futebol quando um torcedor APAIXONADO INVADE o campo de futebol.
"ATITUDE QUE É PUNIDA NO FUTEBOL", mesmo que o torcedor tenha invadido só para dar um abraço no seu ídolo, ou um passeio no campo, imaginem se isso fosse permitido nos outros esportes também????

Dino disse...

Ciro,

Foi apenas uma pergunta. Eu gostei muito do que disse naquele post, so fiquei curioso em saber o pq tirou... estava dando bastante oque falar...

Quanto a voce tirar vaga de amador, nao é verdade ? Elogio seu trabalho... mas pq voce nao podia correr no profissional ? Voce nao chega na frente de varios na maioria das provas ? Eu nao estou te criticando, mas apenas te incentivando. Voce tenha certeza de quando voce sair da moita e correr no profissional muita gente estara tocendo por voce.

Um grande abraco e nao me leve a mal, é apenas minha opniao, do mesmo jeito que voce tem sua cabeça fechada eu tbem tenho a minha e nao consigo entender...

SIMON LEONEL disse...

Muito boa a abordagem do tema velho. Pena algumas pessoas levarem para outro lado . Tu fala de ciclismo, de contador, de tour de france vem um bicho e fala de vaga pro Hawaii....
Mas é isso Ciro!
Força e muito boa sorte que o Iron está ai e tu será mais uma vez um forte candidato a vaga e vai dar trabalho aos pros!
Abraço

Anônimo disse...

Bela foto do CESÃO

Ciro disse...

OK Dino....
tranquilo....

Valeu
ciro

Emerson disse...

Acho que ficar incentivando não tem nada a ver com gritar nos ouvidos ou empurrando o atleta. Independenmente de dar apoio ou não, se fosse comigo eu ficaria muito irritado e desconcentrado.
Não se os que postaram que uma coisa normal já passaram por situação semalhante para dar a opinião...
Ótimo post!

Rio disse...

O Ciclismo na Europa foi construido pelos fans.São mais de 100 anos de historias.Espanhois e Italianos que brigam pela hegemonia ciclistica são os fans mais acalorados.Ja houve etapas do Tour de France onde o ciclista desferiu um soco no fan que o agredia verbalmente, e como manda a educação ciclistica profissional o ciclista foi multado.
A comparação entre os videos não so validas, embora eu tenha entendido o que pensou o autor.
Eu moro na Suiça a 10 anos e ja participei do Powerman Zofingen 4 vezes, na etapa de ciclismo(3 voltas de 50km) tem uma colina chamada Bodenberg com pico de 15% de inclinação,em 5 kilometros de colina estão espalhado pelos dois lados cerca de 2 mil pessoas a espera da passagem dos atletas, la tem um locutor,um telão,som e as pessoas se divertem, alguns ate chegam a impussionar o atleta laderia acima. O video do Ironman acima é a mesma coisa, e isso veja você só, é copiado do Tour de france ,Giro de Italia e Vuelta a Espanha. No caso do Tour de France, realmente em alguns casos o fanatismo exagerado coloca a integridade do atleta e segurança da prova em perigo. Mas não tem como impedir, porque o ciclismo para o bem desse esporte é gratuito. Portanto não existe comparar fans do Ironman com os fans do Ciclismo. Embora em muitos casos sãos os mesmo, esses do video acima são minoria, mas não são de forma alguma "agressivos", esses caras trabalham o inverno inteiro, poupam a espera de pegar suas bikes botar nos treilers e partir para as montanhas e torcer para seus lideres, ficam la por dois ou tres dias a espera da passagem da caravana. Esses fans são importantes para a historia do cilcismo. Eu posso apostar que se um dia o autor do texto tiver a oportunidade de assistir uma etapa de montanha ao vivo mudará de opnião facilmente.

Abraços.
Josef Borges-Suiça.

Ivan Voigt disse...

Bem Ciro, lá como cá!! são criadas certas tradições e a coisa vai correndo o tempo e ninguém toma providências... Veja o que aconteceu com o Maratonista Vanderlei Cordeiro nas Olimpíadas de Atenas, infelizmente isso não deveria fazer parte do esporte, mas faz. Porém concordo plenamente com você Ciro, deveriam colocar batedores para proteger os atletas que treinam duro para disputar as provas e do nada aparecem esses babacas ...
Parabéns Ciro pela sua dedicação nos treinos e competência nas provas..ví a competição em 18 de abril em Piracicaba..parabéns mesmo cara..fica com Deus!