Treinos X Meio Ambiente

Treinar ciclismo e corridas longas são esporte muito difíceis de se praticar.

Para se fazer um bom treino longo de ciclismo vc deve andar no mínimo 100km,
e de corrida, no mínimo 20km.

Até podemos fazer isso em avenidas, ou dentro da USP para os Paulistanos, mas nada como sair na pista (Anhanguera e Bandeirantes) para fazer esses longões.

Quando saímos para fazer esses longos, obrigatoriamente precisamos levar alimentos, certo?? Barras de cereais, Gels, Barras de proteína, bananinha, paçoquinhas, sachês de mel, etc, etc, etc.

Todos esses produtos vem embalados por algum tipo de plástico,
e num pedal de 180km por exemplo,
no mínimo tem que se levar 10 a 12 dessas embalagens, gerando lixo.

Muito raramente, vai um carro de apoio onde se pode depositar o resíduo plástico, e fica quase impossível levar um saquinho plástico para colocar toda essa sujeira.

CERTO????
O que fazer então???
Guardar em baixo da bermuda??
Jogar na pista???
Complicado né??

Se jogar na pista, vc esta contribuindo para sujar o meio ambiente, sendo que um plástico desses demora uns 300 anos para se degradar.
Colocar em baixo da bermuda, é complicado, pois após consumir um gel, sempre sobra alguma coisa no sachê, e vc acaba ficando todo melado. Além dele te machucar, pois gera atrito com a pele.
O que fazer então?
O correto seria essas marcas como PowerBar (Nestle), Probiótica, GU, etc, fazerem algum tipo de embalagem que se degrade mais fácil no meio ambiente. Ai poderíamos jogar, sem a consciência pesar............

Minha ideia é a seguinte:

Se vc sempre guarda o lixo em baixo da bermuda,ou na camiseta de ciclismo e isso não te incomoda, ótimo!!!
Continue fazendo isso.

Se vc não estiver afim de segurar as embalagens, e quiser se desfazer delas naquele momento, jogando-a fora......... seja pedalando ou correndo.

OK pode jogar . . .

mas desde que, no dia seguinte, vc pegue algum lixo no chão enquanto anda na rua, ou na USP, ou no clube, ou na academia onde vc esta............... e jogue no lixo

É mais ou menos assim:
Para cada embalagem que vc jogar na pista em um treino, ou prova,
vc deve pelo menos pegar 5 lixos de qualquer forma, nos lugares por onde vc andar.

Entenderam??

Se vc consumiu 5 gels no treino de domingo......... na segunda, ou na terça, ou na quarta feria, vc pegue do chão mais ou menos 25 lixos que estarão jogados no chão. Coisas simples como papéis de balas, garradas PET, latas, ou papel.
É claro que vc não vai andar com uma vassoura, e uma pazinha. Pegue coisas simples.

Não sei se é a maneira correta, mas já tenho feito isso a algum tempo.

Como tudo na natureza é uma questão de equilíbrio.....acho que se geramos uma quantidade de sujeira, podemos depois nos redimir pegando o que alguém gerou.

A diferença é que nós atletas praticamente somos ``obrigados´´ a jogar nosso lixo no meio ambiente, e muitas pessoas simplesmente jogam na rua uma lata de refrigerante, mesmo tendo um lixo por perto.
OK....sem problemas pegamos a lata dessa pessoa mal educada então.

Uma observação:
Se vc for contra esta ideia e vai fazer críticas aqui no Blog, olhe bem pra vc antes, e veja se vc realmente NUNCA joga algum lixo no meio ambiente.
Falar até papagaio fala.
Por tanto antes de apontar o dedo para alguém para dizer que ela esta fazendo algo de errado..... é bom que vc esteja fazendo tudo sempre certo.




ciro

20 comentários:

Xampa disse...

Grande Ciro !
A Batman estava em Kona ou roubaram a bike dele para dar um rolé?
A sua teoria é a utilizada nos créditos de carbono. Alguns acham que não serve pra nada e outros acham que ajuda.
Acho que o correto é não jogar o lixo por aí, aliás o melhor seria montar tudo em vasilhames que não fossem descartáveis, mas isso já é outro papo.
Agora, a sua idéia, reduz, pelo menos o impacto total e o cara sai no zero-a-zero.
Já estou vendo milhões de comentários. risos.
abs.

Max disse...

Ciro,

muito boa. Eu SEMPRE coloco o lixo dentro do bolso traseiro da camisa de ciclismo, mas acho bacana a sua proposta de compensar caso não seja possível guardar.

Mesmo porque, por mais que a gente lave, tem camisa minha até hoje com uma pasta formada por restos de gel, banana, farelo de pão e outras coisas que daria para usar como argamassa.

ab.

Max

Anônimo disse...

Não concordo, mas a ideia é boa.
É a mesma coisa que um fazendeiro que desmata terras aqui no estado de São Paulo, ter que comprar terras (20% da área) em Goias, ou Tocantins, e deixar a mata verde lá.
Isso já é lei, e tem dado certo.

Abs
Renato

Mendes disse...

Ciro, legal sua idéia, muito boa mesmo, porém, acredito que não é nada complicado colocar o lixo em um dos bolsinhos da camisa de ciclismo. Nunca joguei nenhum tipo de lixo no ambiente, nem em treino e nem em dias comuns, álias, já até discuti com pessoas que por exemplo pegam os folhetos do farol e no próximo farol jogam na rua, como se a rua fosse delas, a rua também é minha, portanto, nada de sujar a NOSSA rua, o NOSSO mundo
Sua ideia é boa, mais acredito que melhor ainda seria não jogar o lixo nem nos treinos, mais uma vez, colocar na camisa não gera nenhum esforço.
Abraço e legal sua abordagem e preocupação com nosso meio.

Davison Venâncio Sant'anna disse...

GRANDE CIRO E SEGUIDORES AMANTES DO TRIATHLON, FELIZ 2010.
MAS ESTOU AQUI PARA DIZER QUE GUARDO NO BOLSO TRASEIRO, MAS A IDEIA DO CIRO É BOA, MAS ISSO NOS PODEMOS LEVAR PARA O DIA A DIA E FAZER MELHOR, POIS SE VC PARAR PARA UMA PESSOA PASSAR A RUA, OU MESMO PEGAR UM LIXO NO CHÃO, OUTRAS PESSOAS IRAM VER E QUEM SABE FAZER O MESMO, LEVEM A IDEIA ADIANTE, TRIABRAÇO

DAVISON / TRICAIPIRA

Anônimo disse...

Discordo totalmente. Se for assim, as estradas, onde nunca há garis e é onde se pedala, ficará cheia de lixos de ciclistas e triatletas. Enquanto outros lugares onde possivelmente garis e lixeiros passam, vão ter um monte de ciclistas procurando lixo pra pegar... não faz sentido.
O certo é não jogar lixo nunca... roupa se lava, e se não quer sujar pode levar um saquinho plastico pra colocar tudo dentro.

Sebastian disse...

Fala Ciro,
Sou da opinião de SEMPRE guardar as embalagens no bolso da camiseta e descarta-las depois. Se estamos na estrada e for casca de banana ou resto de fruta, aí sem problema jogar no mato pq é bio-degradável, mas dentro da cidade eu não jogo nada na rua.
Agora durante uma prova eu piso na bola e jogo no chão mesmo. Sua idéia de compensar 1 lixo recolhendo 5 é boa.
Abraço,
Sebastian

Fernando Quirino disse...

Cirão

Não sei como é a dinâmica do seu treino, se você consegue ficar um tempo com a embalagem de gel na mão até achar um lixo ou coisa parecida. Confesso que já joguei lixo no chão em treinos mas tento não fazer mais isso há algum tempo.
Então fica uma dica: Ponha os gels que você vai usar num "gel flask"? Dá pra levar na bike ou na mão durante a corrida e assim você joga as embalagens no lixo da sua casa e pronto!
Outra dica boa é, você que consome muito gel, comprar aquelas embalagens de 1/2 litro de gel da Hammer!!
Infelizmente, jogar hoje e depois catar outro no outro dia parece que equilibra as coisas, mas 0 a 0 não é bom pro planeta como ele está, tem mesmo é que ser positivo.
Parabéns pelo post! É legal usar a grande visitação do seu blog para discutir esse tipo de idéia!
Abraço!

Nilton disse...

Que legal. Ótima ideia!
Concordo plenamente. Quem nunca jogou papel ou plástico na rua em treino, e na prova???
Se vc faz prova meu amigo. Você jogou gel no chão sim.
Eu não posso provar. Mas volte seu pensamento lá pra trás, que você vai lembrar daquela vez que jogou.

Jogar o lixo no chão é feio. Mas mentir e dizer que nunca jogou é mais feio ainda.

Blau disse...

Ciro, descordo totalmente do seu ponto de vista. Pra mim se alguém joga lixo no chão: é alguém que joga lixo no chão e ponto final. Pegar o lixo de outros não te da o direito de poluir. Ainda mais com embalagens de gel que é alumínio. Se voce acha correto pegar o lixo dos outros muito bacana: Parabéns! Mas não vai fazer isso para se sentir melhor por ter jogado também. Outro dia tava conversando com uns amigos que fazem “gato” e roubam o sinal da NET (TV a Cabo). Um dos caras falou: “Pô, mas essa NET é tudo um bando de fdp... eu vou pegar o sinal dando migué sim”. Na minha opinião se a NET é fdp, deixa ela sozinha sendo fdp e viva a sua vida. Isso não da direito a ninguém a fazer uma outra coisa que é errada também.
Eu pedalo na Rodovia Ribeirão Preto – Serrana. Sempre vejo um casal que anda a rodovia com um saco plástico na mao pegando o lixo, principalmente embalagem de latas e pet’s. Fiquei pensando: “Caraca, olha o que o cara não faz pra ganhar uns trocados. Anda a rodovia inteira pra pegar latas, e vender por alguns Reais”. Juntei latas aqui na minha casa, e ao invés de levar onde sempre levo para reciclar, coloquei no meu carro. Finalmente um dia cruzei com ele de carro e parei para dar as latas pro cara achando que ia ajuda-lo. O senhor me disse: “Não garoto, eu não pego latas pra ganhar dinheiro. Eu faço isso pra limpar a estrada mesmo, eu não quero as suas latas.”

Nilton disse...

Blau, acho que jogar o plástico do gel no chão da rodovia, esta muito longe de fazer ``gatos´´´para roubar sinal de tv à cabo.
Uma coisa não tem nada haver com a outra. Concordo que os dois atos estão errados, mas são de categorias totalmente diferentes.

O que o Ciro propôs, é válido sim, e como ele disse:
É bom que VOCÊ esteja fazendo tudo perfeitamente certo, antes de apontar o dedo para falar que alguém esta fazendo alguma coisa errada.

Abraço e bons treinos a todos

Nilton

Pablo Bravo disse...

Fala Ciro tranquilo? Minha opinião é de sempre descartar o lixo do treino em casa, guardando ele no bolso da camisa, bermuda, o que seja.

O desrespeito é tão grande neste quesito, que semana passada durante o pedal um carro passou e jogou um cd em nossa direção...vê se pode!!!

É isso aí...grande abraço

Anônimo disse...

Eu sempre jogo o gel na rodovia nos treinos, mas ao mesmo tempo tambem sempre xingo quem joga.

Que merda!

Faça o que digo, mas não faça o que eu faço.

...

Anônimo disse...

Olá Ciro,

Sou triatlete de Porto Alegre e leio com frequencia seu blog. Queria dizer que discordo completamente do seu último post.

Um erro jamais vai justificar outro, não é porque uma cidade não tem lugares apropriados para colocar o lixo que justifica o fato do atleta jogar o lixo gerado durante o treino no chão. Que culpa tem a cidade, as pessoas e o meio ambiente pelo falta de recursos da prefeitura para colega de lixo?

Se você consome 10, 20, 100 saches de carboidratos é sua obrigação guardar as embalagens e jogá-los fora no local apropriado. Gastamos 5, 6 mil num par de rodas e não podemos gastar R$ 65,0 reais numa camiseta com bolso para guarda o lixo?? Que absurdo isso. Nunca pedalei na USP, mas duvido muito que não tenha pelo menos uma lixeira em todo o campus, e uma parada de 30 segundo para colocar o lixo no lugar certo, não atrapalharia o seu treino.

Que exemplo dariámos para as outras pessoas e principalmente as crianças se nos vissem jogando lixo na rua?? Se você se sente incomodado com a meleca do resto dos sachês em baixo das bermudas, então compra uma mochila de hidratação e coloca lá 2L de bebida esportiva, o que não se pode deixar é fazer meio ambiente pagar pelo simples fato de você se sentir incomodado pela "meleca" dos gels.

Todo atleta que se preste sabe, mesmo que indiretamente tem um papel social e ambiental e tua proposta vai totalmente contra isso.

Marcus

Ciro disse...

OK Senhor Marcus...
então a frase:

``antes de apontar o dedo para alguém para dizer que ela esta fazendo algo de errado..... é bom que vc esteja fazendo tudo sempre certo´´

Cai como uma luva para vc.

Bruno D'Angelo disse...

Não custa nada guardar o lixo a ser descartado no bolso de trás da camiseta.

Abraços

Bruno

Ciro disse...

BLZ BRUNO!!
Só espero nunca te ver jogando um cisco na rua ou em qualquer ourto lugar. Pois vou cobrar isso de vc.

E para quem conhece o Bruno D´Angelo...
Por favor cobrem, se verem ele dando um deslize, por menor que for.

Fernando Quirino disse...

Cirão!

Em abril do ano passado vc fez o mesmo post e teve 1 comentário apenas, o da Teresa. Pois é, e justamente esse único comentário foi contrário a sua idéia.
Lá em abril, você propos catar 2 lixos para cada 1 que você jogava. Hoje vc propos 5x1 e mesmo assim a galera tá indo contra...
Percebeu como é sério esse negócio de lixo?
Sei que você é super bem intencionado e sei também que ficamos muito frustrados quando uma idéia não é bem aceita pelos outros, mas desencana! Percebi que você tá meio chateado com a opinião da galera e realmente é duro de engolir sabendo que todo mundo já jogou lixo na rua um dia, mas o que interessa é que você está despertando o povo pro debate, mas repito, relaxa!
Esse assunto só vai dar nisso, afinal, até a molecadinha de 2, 3 aninhos aprende desde cedo: "Jogue o lixo no lixo!" Ir contra isso, por mais que você compense lá na frente, é ruim e difícil de explicar pra essa geraçao nova.
Tenta outras alternativas, mude, experimente.
E olha, não fica chateado, cada um tem sua opinião e apesar da sua ser diferente da minha, continuo te respeitando, principalmente pela coragem de dizer o que pensa!
Grande abraço!
Quando vier treinar em Limeira, dá um toque, faço questão de estar presente!

Ciro disse...

E aí Fernando...
Tudo bem??
Não fico chateado por alguém ser contra minha opinião. De maneira alguma!!
Cada um pensa como quiser.
Fico chateado com esse pessoal que apenas critica uma ideia.
Como vc disse, eu falo o que faço como faço. Se é da maneira correta ou não, tento chegar próximo de um equilíbrio.
O problema é que eles malham como se nunca fizessem nada de errado nunca.
Isso é foda!
Mas como eu disse: Falar até papagaio fala. Gostaria de saber como esta a consciência deles.

Rafael disse...

Olá Ciro,
não sou a favor da atitude de compensação, pois creio que temos de fazer o máximo em função do meio ambiente.
Antes da discussão sobre ser "perfeito" antes de apontar o dedo, gostaria de dizer que sou a favor de que "todos apontem o dedo para todos" sim, pois assim nos tornamos "fiscais" de nós mesmos e consequemente evoluiremos como sociedade.
Mesmo assim, tenho que dizer que sua atidade em compensar em cinco vezes o seu lixo gerado, já é uma atitude para se parabenizar.
Por fim, gostaria de lembrar que as pessoas fazem julgamentos (pense no ponto de vista do atleta em relação a população) e principalmente as crianças se espelham nos mais velhos e nos ídolos e esse legado é coisa que não devemos deixar, pelo menos acredito eu.
p.s. não fique puto. Também tenho teto de vidro e as vezes até ando de carro (que também polui) e poluo de forma direta ou indireta, mas acredito piamente que discussão (isso envolve criticas) acerca desse assunto nos levará a um patamar cada vez maior de entendimento.
Bons treinos.