Mais uma vez . . .

O texto abaixo foi escrito no dia 16/10, logo depois que recebi o convite do Bruno Romano para a edição de novembro da revista VO2.

Para quem lê blog.... o texto já é mais ou menos conhecido, mas para quem não não comprou a revista, aí vai mais uma vez como foi meu dia em Kona 2009.
Obrigado a todos!!!
ciro




Comecei no Triathlon quando tinha 13 anos de idade, mal tinha completado meu primeiro Short e já acompanhava por revistas a Fernanda keller participando do IronMan Hawaí.

Sempre pensei nesse evento como uma prova quase impossível, primeiro pelas distâncias absurdas, e segundo que para se obter a classificação era quase o inimaginável, já que o nível sempre foi alto.

Depois de quase 200 provas de Triathlon concluídas, e alguns bons resultados em Meio-IronMan, achei que deveria tentar. Com muito medo e respeito, treinei duro meses e meses, até que no dia 31 de maio em Florianópolis, tive um ótimo dia e conquistei a tão sonhada vaga para disputar o mundial em Kona.

Mais três meses de treinos duros, tive problemas com lesões, trabalho, viabilização do dinheiro para a viagem, mas finalmente o dia do embarque chegou. Dois dias depois estava na Big Island-Hawaí. A cidade estava tomada por triatletas. Kona respira Triatlon por 10 dias. Parece que todos nadam, pedalam, e correm, e a qualquer hora as pessoas se exercitam. Todas as vezes que treinei, vi algum rosto conhecido. Sim, eram os feras do Triathlon, eram os caras que eu sempre via nos vídeos das provas anteriores, eram os caras que eu me espelhava, e estavam ali, do meu lado nadando, correndo na rua, ou fazendo compra no supermercado. Foi incrível e me animei muito para a prova.

Na manhã do grande dia acordei sem muita ansiedade, afinal 15 anos de Triathlons valeram alguma coisa. Quando cheguei na transição todos já se aprontavam, e escutávamos todas as línguas das diferentes nacionalidades. Após um afunda-empurra para se posicionar para a largada, escutamos o tiro de canhão, e mais de 1800 atletas começaram o duro dia de um IronMan do Hawaí.

Após uma natação conturbada com muitos pontapés e mãozadas, saí da água e olhei para o relógio, estava com pouco mais de 55 minutos, e pensei comigo: Tá ótimo, to me sentindo bem hoje!

Fiz a transição rápida, de nadador me tornei ciclista em pouco tempo, e logo subi na bike com a adrenalina a mil por hora. Muita gente torcendo e gritando no percurso bem organizado dentro da cidade, até que pegamos a rodovia. Sobes e desces de tirar as mãos do clipe, a cada posto de hidratação bebia tudo o que davam, pois começava o poderoso calor do Hawaí. Muito vento contra na grande subida até o retorno, na metade do percurso que fica condado de Hawi. Uma descida a favor do vento que, eu já não tinha mais marchas, mas continuava me sentindo bem, e me hidratando a todo momento. Cansaço, e dores básicas nas costas decorrentes da força exigida, e do longo percurso são naturais e esperadas.


Mais vento contra em nossa chegada de volta à Kona, mas eu continuava me sentindo bem. Entreguei a bike com pouco mais de 5h, fiz mais mais uma transição rápida e de ciclista me tornei maratonista. Saí cadenciado, trotando e com medo do que poderia acontecer. Me sentindo bem, mas pensava: Vai devagar Ciro!! Calma!! Aqui é o Hawaí. Continuava correndo cadenciado e o calor aumentando. Muita água, isotônico, e refrigerante nos postos de hidratação muito bem distribuídos ao longo do percurso. Fiz o retorno no famoso Energy Lab, com um calor que parecia estar ao lado de um forno à lenha, mas continuava me sentindo bem e correndo cadenciado. Com 30 km da maratona soltei o freio. Pensei comigo: 12km eu tiro de letra. Vou pra morte. E vim forte para cruzar a tão sonhada linha de chegada com 9h21minutos com o locutor me chamando de Cirou Vaiolin from Brazil. Parei em baixo do pórtico e pensei comigo: Sonho realizado senhor Ciro, agora trate de fazer de tudo para voltar aqui o ano que vem.

8 comentários:

Deco disse...

Ciro,
Nós que vivemos o triathlon, mesmo sendo amador, "panga" mas apaixonado e atleta por opção (aquele que lê a mesma revista 10 vezes, o mesmo post mais 5 vezes, olha o video do Iron no minimo 01 vez por semana e de cada 10 palaras, com certeza 1 lemba o triathlon heheheh), consegue perceber a emoção deste post, faz com que venha a adrenalina de cruzar um portico, o coração acelera...e para mim um aiinda aspirante a IronMan, inscrito pela primeira vez no IM Brasil, esta emoção já faz o coração bater mais forte e pensar como vai ser cruzar aquele portico, aqui mesmo pertinho no Brasil, a 500 km de minha casa...
Ouvindo - YOU ARE IRON MAN....

Puts é foda, muito foda...
Desculpe o palavrão, mas é a unica coisa que me vêm a mente....

Abraços e continuamos treinando...
"Sangue nos zoio"

Xampa disse...

ótimo texto. nao me lembro de te-lo visto no blog.
sempre humilde, a maior das virtudes.
controlar o ego é para poucos.

Ciro disse...

Valeu André... muito obrigado.
Valeu Deco... escreveu com o coração.
"Abraços e continuamos treinando"

Obrigado pelos comentários

Anônimo disse...

Legal o texto, e legal a foto em forma de desenho.

"Abs e continuamos treinando"

Renato

Ciro disse...

HEHEHEHEHE
Boa Pablo... pelo jeito, até fica parecendo mesmo.

Lembrando a todos que hj esta ocorrendo o IronMan Cozumel no Mexico, www.ironman.com e o Ultraman www.ultramanlive.com

O Ribeiro esta em terceiro, à apenas 10 min do primeiro.

Ciro disse...

Ribeiro ja esta em primeiro...

Arthur Ferraz disse...

Alguém percebeu que nos tempos do brasileiro olímpico a Flávia Fernandes largando no amador ganhou da Vanessa Gianinni?
E olha que nessa prova o circuito do profissional era idêntico ao amador (sem aquela subida). E a Vanessa ainda pedalou revezando com a Fernanda Garcia...
Acho que temos novidade por aí...

Ciro disse...

Grande Arthur!!!!
Bom... novidade sobre a Flávinha pra mim não é.
Já postei aqui várias vezes que ela é um fenomeno, e que sou fã dela.
Acho que ja esta mais no que na hora de ela ir para o Pró, mesmo por que é do Pinheiros e terá todo o apoio.

Já fica aqui minha dica:

Por que não inscreve la no PRO já em Santos na última etapa???