Ciro no IronManBrasil 2009



Pessoal, vou tentar passar um pouco do que aconteceu na prova domingo.

Não vou me lembrar de tudo, mas uma boa parte.

Mais uma vez gostaria de agradecer a todos que me ligaram, que mandaram mensagens de texto no celular, e que comentaram no blog antes, durante e depois da prova.
Gostei muito e não imaginava que tantas pessoas fariam isso.
Muito obrigado.

Ai vai:
Essa prova mudou minha vida.
É sério.
Eu estava motivado para corre-la, mas ao mesmo tempo muito desanimado por que é um esporte que exige muito.

Como é difícil treinar para um IronMan.....CARAMBA!!!!!
Fora treinar muito, e ter muita dedicação, é raro se ter apoio, e eu não vou poder ficar trabalhando a vida toda, para me sustentar no triathlon.
Uma hr terei que sair da casa de meus pais, e comprar minha própria casa.
Mas para isso vou ter que parar de gastar com inscriçoes, viagens, suplementos, e etc .

Eu já estava ficando estafado, sufocado, desesperado de tanto treinar.
Tava querendo que passasse logo para eu poder descansar. Comecei até a me desinteressar pela prova.
Tipo assim: Não interessa tempo, colocação, e nem se vou terminar ou não. Quero logo que passe dia 31/05 logo para eu relaxar.
E detalhe:
Com o Blog, muita, mas muita gente viu o que fiz de treino, e com isso minha responsabilidade aumentou muito.
Muita gente vinha nos dias antes do evento, me falar:
Ciro, vc vai detonar
Ciro, vc vai correr muito forte
Ciro, apostei que vc vai fazer 9h15
Ciro, vc vai chegar entre os 20
Sua vaga ta garantida
Vc vai ser o melhor amador

Ai eu dizia:
CALMA!!!!! PELO AMOR DE DEUS
CALMA
Eu vou fazer meu primeiro IronMan gente!!!!!
Eu só quero terminar
Eu treinei pra valer, mas não almejo nada tão grande assim.
CALMA!!!!

Mas não adiantou.
Por isso coloquei várias vezes no blog que eu poderia parar na maratona.
Por que eu iria pra valer na prova. Iria pra fazer força, e como não sabia o que era fazer um Iron, talvez, com 50% de chance, eu pararia quebrado nos 35km na maratona.
Fiz questão de fazer um vídeo para mostrar isso.

O mais legal, é que na semana da prova. Desde domingo, eu vinha fazendo treinos ótimos. Treinos curtos, mas ótimos.
Na segunda feira, 6 dias para a prova, corri 15km de leve, respirando pelo nariz, e sem fazer força para 56 minutos.
Dei 6 tiros de 1km na quarta, e me sentia bem. Corri 20km ( 2 x 10km ) na quinta feira, 3 dias antes da prova. E as vezes que eu nadava, eu me sentia muito forte e com vontade de fazer força.
Mas eu não falei pra ninguém. Fiquei quieto e confiante.
Pensava assim:
Nossa, se eu me sentir bem assim na prova faço pra baixo de 9h20.

Bom..... dia da prova:
Acordei as 5 da manhã e tava tranquilo, fui na transição arrumar as coisas, e pintar os números no corpo e continuava me sentindo bem.
Na natação nadei soltando, sem fazer muita força. Nadei com uma ótima referência, que foi a Carla Moreno e a Mariana Ohata, que são excelentes nadadoras, por isso sabia que estava em uma boa colocação.
Saí da água entre os 20 dos 1500 atletas.

Na bike, no começo, nos primeiros 30km foi td bem. Pedalei sozinho e já deixei a Mariana e a Carla bem pra trás.
Depois dos 30 o martírio começou. Muita gente começou a me passar.
Eles me passavam e eu não conseguia ir junto. Na verdade eu até conseguia, mas lembrava de uns caras me dizendo:
Deixa os caras irem. Deixa pra maratona que vc corre bem.
O Arthur me falou isso inumeras vezes. O Marcelo ZZMIR tb, o LODD, o Quinhão, e o Cassamasso também.
E a galera ia me passando, e eu ia ficando cada vez mais desesperado.

Nos 90km eu falei pra Murilo:
Isso aqui ta uma merda!!!! Quero parar!! To detestando fazer essa prova.

E isso foi até o km 140 da bike, tive muita dor nas costas e tive que tomar dois ADIVIL.
Realmente tava uma merda!!!!

Teve uma hr nos 130km da bike que a segunda mulher me passou, a Charlotte. Cara... só faltou ela cuspir em mim, tamanha foi a falta de respeito que ela passou por mim. Ela me passou tão forte que me senti desrespeitado. Ai fiquei puto!!!!
Eu queria parar.... e pensava o que eu to fazendo aqui. Meu negocio é no máximo MeioIronMan

Depois disso........ comecei a me sentir bem.
Os últimos 40km de bike foram muito bons. Eu pedalava e rendia, pedalava e rendia. E comecei a pegar um monte de caras. Nessa hr eu estava pedalando pouco atrás de um Tcheco que chamava Uwe, deu pra ver o nome dele escrito no número que a gente tem que levar.

Esses últimos 40km de bike foram muito forte, quase 40km/h de média, o que é forte. Tava me sentindo bem e pensei, vou atacar, e me recuperar desse desastre que esta sendo até agora.
Ai peguei uns 15 caras, passei e entreguei a bike em 28 no geral se não me engano.

Quando coloquei o pé no chão tudo mudou.
Só tive um problema, de ter pisado numa pedra, e ela entrou na sola do pé, e ficou encravada lá.
Fiz a transição bem tranquilo, dava até apara assobiar, de tão tranquilo que eu estava. E o Murilão la fora gritando: Vai Ciro!!! Vai Ciro!!!!
Quando saí parei, olhei pra ele e disse: Vai onde??? Ta loco?!?!?!
Eu vou sair pra 42km correndo, vc tem noção do que é isso????

E saí trotando bem de leve, só pra ele ficar puto!! hehehe

No km 6 não aguentava mais de dor por causa da pedra, e tive que parar. Um amigo, o Chicão, me ajudou, ele cutucou,,,,, e a pedra saiu, e voltei a correr.
Eu tava me sentindo muito bem, e passando gente. Não entendia o que estava acontecendo.

Era para eu estar quebrado, mas to me sentindo bem. E passando gente.

Bom, de qualquer maneira vou de leve.

Tem umas subidas no km 10 e no 16 que são muito íngremes. Todos falam que andam nela, e que eu deveria andar tb. Mas passei por elas correndo na boa. Não tive caimbra nem nada.
No km 13 eu vi o Thiago Menucci, e pensei:
Esse cara ta longe pra caraio, eu nunca vou pega-lo, mas ta bom, to em segundo e a vaga é minha.
E continuava me sentindo bem, e passando gente.
Km 25 continuava me sentindo bem, continuei segurando e pensando que daqui a pouco eu vo quebrar. Nada de quebrar, e eu so melhorava.
Puta merda!!!! E gel pra baixo, e passando gente.
Quando abri a última volta que tem 10.5km, uma amiga minha, a Chan disse que eu pegaria dois profissionais logo logo, e como eu continuava me sentindo bem, falei pro Cassamasso:

Que se dane, vou aumentar o ritmo!!

Ai no km 35 passei a primeira mulher, e logo no 38 passei o Thiago que era o primeiro do amador, e mais uns 2 profissionais.
Fantando 1 km, pensei:
Atingi todos meus objetivos:
-Pegar a vaga
-Estar entre os 20 primeiros
-Ganhar minha categoria
-Ganhar o amador
-Ser o melhor Amador Brasileiro
-Ganhar da primeira mulher
-Abaixar de 9h26 (que era o tempo do Menucci de 2008)
Qualquer um desses objetivos já estaria bom demais pra mim.....
Mas eu já tinha atingido todos.

Mas não deu pra relaxar....avistei mais um profissional, era o TOP dos TOPs Alexandre Ribeiro e comecei a forçar, e forçar. Todos pararam para olhar essa chegada, foi muito legal.
Quando vi que não iria mais pega-lo desisti e pensei. Vou deixa-lo ir por que quero passar sozinho no pórtico de chegada.
NOSSA!!!!! Quando olhei para o relógio e vi marcando 9h05. Passei e perguntei:
Esse relógio ta certo????? Ta certo, tem certeza???
Pois eu não tinha noção de quanto tempo tava fazendo.
Ai pensei:
Consegui!!!!
Depois que olhei a marcação de tempo na maratona então, quase caí pra trás.
3h03 nos 42km depois de nadar 3.8 e pedalar 180km. Pra mim foi nota 10.
Adorei!!

A única coisa que fiquei pensativo depois, é que tive muita sorte também. Sorte de ter me sentido bem na maratona, e sorte pelo Menucci não ter corrido tão bem. Se ele estivesse em um bom dia na maratona, com certeza eu não pegaria ele. Ele abriu demais nos tempo somados da natação e da bike.

Agora, por que essa prova mudou minha vida????
Bom.....
Eu iria para de ser competitivo no final do ano.
Agora não vou mais.
Vo pro Hawai realizar um sonho muito antigo. Não sei qual vai ser meu objetivo lá, pois sei que no Hawai o buraco é mais em baixo.
Fazer um IronMan já é foda.
No Hawai o foda, vira foda ao quadrado

Vamo que Vamo!!!!!!!!

Mais uma vez muito obriagdo pela energia positiva que todos me mandaram.
Cada um de vcs fez parte dessa puta prova que eu fiz

Ah........... desde segunda feira que não conseguia colocar o pé no chão, pois a pedra tinha machucado tanto que inflamou.
Ai fui numa podóloga ontem, sexta, e ela tirou mais um pedaço de pedra de dentro do pé. Tava lá desde domingo.

11 comentários:

Anônimo disse...

Ah Ciro!
Sorte?
A única coisa que nesse esporte ninguém tem é sorte.
Merecimento sim, sorte não.

Talvez sorte de não furar o pneu. Até ai eu concordo vai...
Parabens!
Me senti na prova.

Ricardo - de Pinhal

Douglas disse...

fala ciro, nada como se sentir bem fazendo o que gosta, ver que os objeivos foram alcançados... nao tem coisa melhor...
boa recuperação, vc fez por merecer... gde abraço...

Júnior_Triatleta disse...

É Ciro, eu acompanho depoimentos de várias pessoas que fizeram o Iron e chego a conclusão que está prova é uma caixinha de surpresas e muito mais psicologica, onde pode te derrubar. Eu tenho muita vontade de fazer e pretendo fazer no ano que vem e preciso trabalhar muito este lado do psico, é claro que sorte de não ter por exemplo um pneu furado é maravilhoso como relatou nosso amigo, mas o psicologico é quase tudo viu meu amigo, é claro que treinar é fundamental mas treino é treino e prova é prova...risos.
Parabéns pela linda prova e por superar isso (psico), abraços e vamu que vamu.

Marcos Apene do Amaral-AçaíTri disse...

Descrição perfeita do sentimento de uma prova de endurance! Nos meus humildes momentos de glória e dignas performances até mesmo nos treinos, é assim que acontece comigo e cada vez que leio, mais é assim que vejo grandes performances se construirem. Você só se sente bem na hora certa mesmo! Não tem jeito! Quem do contrário forçou animado pela sensação de bem-estar e "irresponsabilidade" foi aquela gente do ...passando gente... tão repetida por você que, se na hora não parecia que estariam tão distante de você ou o intimidavam, confira agora no resultado e veja quantas horas para trás ficaram! Foi assim nos cansativos, estafantes e seguidos dias de treino e na prova não foi diferente. É porque não tem como ser. Se eu fosse você me concentraria em ser ainda mais competitivo e em todas as distâncias! As provas de endurance como o IM precisam de gente assim e não de doces ilusões como alguns dos nossos "profisionais". Vai pra cima e conta com minha torcida!
Essa da pedra no pé tinha muito que vir pro blog com foto e tudo! E a conquista de todos os seus objetivos é arrepiante!
Abraços, descansa em paz, MAA!

Mauro Cavanha disse...

Parabens Ciro!! detonou!!
muito bom depoimento!!
como é bom encaixar uma prova (maratona!) assim!!
vai com tudo pro Hawaii!!
abs

Verônica Martins disse...

caracass vc mandou mto bem!
parabenssssssss!
ironman!
bjos

Marcos Apene do Amaral-AçaíTri disse...

Sabe o que seria interessante se não for lhe pressionar ainda mais? Abrir os planos todos pro IMH aqui no blog! Desde a programação dos treinos, das sugestões dadas, dos seus objetivos e das suas reflexões sobre o que e como fazer! E a aposta?! Vai rolar?!

Ciro disse...

Nossa, qtos comentarios!!
Muito legal
Gostei muito
Gente de peso
Maurinho, Veronica, Marcos, Douglas, Junior, e Ricardo...
Muito obrigado

Sobre a aposta Marcos:
Cara.. nao vo apostar nada nao. Quero ir pra terminar a prova la no hawai. Quem sabe talvez entre os 10 da categoria. Isso ja estaria bom demais pra mim.

Mais uma vez, obrigado a todos

Anônimo disse...

Fala Ciro, parabens de novo pela excelente estréia em Ironman!

E vamos treinar duro pra Kona, pois é agora que o bicho pega!

abraço
Samuel

Anônimo disse...

Competencia, foi o que vc teve, vc treinou muito bem, fui prova disso, te acompanhei de longe,e em algumas oportunidades vc passava por Porto Ferreira e Descalvado e eu tava na sua roda, agora o Murilo tem grande parte tambem. Como disse o Galindez em um airon, "passei do inferno p/ o céu", e vc passou por td isso sorrindo.Parabens Ciro, vc foi guerreiro.
Abcs Zeca de Assis

Xampa disse...

opa, parabens pelo resultado !!!
Te achei pelo blog do Cavanha ou do Lucas Preto. Agora, vou seguir.
Abs e parabens pelo Hawai.