números, números, números . . . pra que?

 :(


Números, números, números . . . 



Vejam esta entrevista da respeitável Renata Falzoni sobre "Mobilidade Urbana"








Essa mulher enxerga a vida num gráfico.


Mais ou menos como eu,  enxergo.


As coisas pra ela, depois de analisadas e entendidas ficam claras como num Out Door de 360 graus na frente dos seus olhos.


Mais ou menos como ficam,  para mim.


Aí.... ela tem como reação espontânea, absorver e se encher de números na cabeça, e tentar explicar , explicar, explicar, e explicar sem descanso para as pessoas à sua volta.


Mais ou menos como eu faço.

 ---


Hoje, depois de estar exausto de tentar, e tentar e tentar.... questiono:


Pra que?


A massa ainda não ta preparada para isso...

Já ouviram aquele ditado: "quando o discípulo esta pronto o mestre aparece"

É mais ou menos isso.......

Apenas muuuuuito longe de me comparar com qualquer mestre de qualquer coisa...
loooonge disso!!!
Não sou mestre de porra nenhuma!

Apenas.... o "gado" não ta preparado para entender.

E quer saber?
Nunca vai estar.


Não é daqui 30, ou 100, ou 300 anos que as pessoas vão estar preparadas para ensinamentos...


Um dos problemas da Evolução do Ser Humano, é que TODOS apenas evoluem IGUALMENTE com o passar dos anos , na fisiologia, no fenótipo, no físico . . .


Na massa cinzenta........ os 7 bilhões são divididos em vários e vários, vários grupos diferentes.






ciro

4 comentários:

Emiltri disse...

Trágico mas verdadeiro.

A evolução de qualquer espécie nunca é linear. Alguns indivíduos apresentam a mutação, se ela é mais eficiente, perdura. O problema é que para o ser humano muitas das consequências da evolução são anuladas, pois pensamos.

Na atual conjuntura da humanidade as pessoas mais preparadas socialmente e intelectualmente nem sonham em ter um monte de filhos, o que geraria a dispersão da mutação. Aí, a mutação sempre fica restrita e sua propagação demora muuuuito mais.

Vamos seguir sendo nivelados por baixo por muito tempo ainda... exatamente como você diz.

Abrax.

Joka disse...

Realmente !!!! Abrax Ciro

Ulisses Franceschi Eliano disse...

Vc tem toda razão...Mas o vídeo é muito bom...Vou tomar a liberdade de publicá-lo no Facebook

Xampa disse...

Ela é a fodaça.
Hj, falavamos com um amigo que mora na Dinamarca. Ele brasileiro, mora na terra da bike, mas nao gosta delas. E eu aqui, fã delas.
O cara me falava que está complicado usar carro em Odense, principalmente no Centro da cidade.
Criaram uma zona verde, com acesso aos carros, mas com um custo elevado.
Os estacionamentos, por ex, ficaram mais caros, muito caros. Perguntei qto: 4 dólares.
Aqui já custa isso e nego continua usando o carro. Se eu pudesse, só usaria o camelo. Já tentei ir pro trab com ele, mas o risco é alto. Uma pena.