apenas mais um...


Após ler a matéria no site Prólogo, que fala sobre a possível participação de Lance Armstrong no Mundial de Ironman no Hawaí , já em 2012, e com a venda de direitos para a transmitir pela TV, partes ao vivo do evento , fiquei pensando...

Realmente o Ironman esta no apogeu.

Na matéria, diz que o CEO da WTC , fulano de tal, disse que ninguém, até então tinha trazido tanta visibilidade para o Ironman, quanto Lance.

Não concordo totalmente com isso.

Primeiro:
Volto a dizer mais uma vez que Triathlon e Ironman, são esportes diferentes.
Triathlon é o olímpico com vácuo e Olimpíada.
Ironman é Ironman, não preciso explicar.

OK..

Apesar de estar nesse meio desde novembro de 1993, penso que realmente, NEM em 1989 na épica IronWar, NEM em 1995 com a última vitória de Mark Allen, o Ironman deu tanto ibope.

Não vou começar aqui falar das coisas boas e ruins que ocorrem com um esporte que é divulgado, visto, e consequentemente praticado por pessoas ao redor do mundo.

Já sabemos que tudo é proporcional, e coisas boas e TAMBÉM RUINS, vão acontecer. Isso é uma regra da natureza.

Ok...

Costumo dizer que quem vence o Ironman Hawaí, é “o cara” , naquele momento, no mundo.

Pode colocar todos os esportes juntos somados e multiplicados por 2 e nenhum chega nos pés do atleta que ganha o Hawaí.
A preparação física e mental que precisa estar o atleta, é algo que pouca gente sabe e entende.

Fora estar muito bem no dia da prova, o atleta ainda tem que brigar com aquela ilha maluca, e ainda ter que brigar com outros competidores que estão praticamente no mesmo nível que é ALTO.

Soma tudo isso que falei aí, e veja o quanto isso é foda!

Nenhum atleta vai até lá brigar pela grana da premiação. Ela é ridiculamente pequena perto dos outros esportes.

Acho que é preferível que, se um atleta de Ironman esta atrás de dinheiro, que ele aprenda praticar outro esporte, pois no Iron ele não vai conseguir o pé de meia.

Por isso digo que nenhum dos -Grandes- quer money.........  -os Grandes- querem conhecimento, e o Ironman é um dos caminhos para isso..... vencer o Hawaí é apenas consequencia.

-

Venho acompanhando o Ironman desde outubro de 1994, quando a F. Keller, conquistou um dos terceiros lugares em Kona.
Lembro, e tenho até hoje, a revista Trekking que mostrava um especial do Hawaí, com umas 5 paginas falando da vitória do Greg Welch e mostrando a Keller com o maiô amarelo com listras em verde em sua Softride.

Com o passar dos anos, o Ironman veio ganhando adeptos e mais adeptos, e começou a ter que incluir classificatórias nas provas para o IM Hawaí.

Em 1995 Mark Allen ganhou pela 6a vez e se aposentou.

Em 1996 o belga Van Lierd fez incríveis 2:39 (sem o penalty) na maratona e cravou 8:04 no tempo total.

Acho que em 1998 e 1999 o start list ainda era cheio de estrelas, e a disputa era acirrada. Mas depois disso os profissionais não deram tanta prioridade para o esporte.
Acho que por causa da Olimpiada ou sei la....

O Ironman continuava a crescer com gente praticando, mas os PRÓS e o start list no Hawaí, não era o melhor.

Peter Reid dominou e foi dominado por alguns anos...
Tim DeBoom ganhou duas vezes sem muita concorrência...
Faris Al Sultam ganhou e não convenceu....
Macca ate então não corria no calor por muito tempo...
Norman Stadler ganhou suas provas no pedal...

...

Nos anos de 2000 a 2006, o Ironman continuava ganhando praticantes... mas na elite não era tudo aquilo.... parecia meio esquecida.
Apesar de records na natação e na bike serem batidos, o Ironman só crescia com gente fazendo, mas não crescia na disputa do profissional.

De qualquer jeito, fazer Ironman pra valer em 8h15 ou 8h30 no Hawaí é complicado,  e grandes atletas de renome como o multi campeão Simon Lessing bem que tentou e não conseguiu nada.............. nem terminar a prova.

Ironman é foda... No Hawaí ainda... eu que o diga!

Ainda assim, julgo que quem ganha o Ironman Hawaí é  “o cara” ,  mesmo como em 2001 o Deboom ganhou “sem ninguém” na prova, ou como em 2005 o Faris ganhou sem ter ninguém de peso.
Eles , de qualquer maneira, escreveram seus nomes na história e por isso precisam ser muito respeitados.

OK..

Minha ideia aqui é mostrar que o Ironman teve altos e baixos durante esses anos... e agora parece que o negócio pegou de uma tal forma inacreditável.

Hoje... são mais de 26 provas classificatórias.... isso para os amadores.
Para o profissional um ranking para selecionar, os já seletos profissionais, que disputam pra valer o Ironman.

Os níveis, de 2007, 2008, 2009, 2010 e 2011 foram altos e vieram , novamente crescendo... tanto é que o Crowie quebrou o record da prova ano passado.


Obs: Precisamos lembrar que o record PRA VALER do Hawaí, é ainda de Luc Van Lierd 1996 com 8:01:08
Nas 8:04:08 tem 3 minutos de penalização, e o percurso da corrida mudou ligeiramente.

MAS............. como a Ana Borba escreveu: Em 1996 não havia controle Anti Doping, e por isso não sabemos se o belga ganhou “sozinho”

Hj sabemos que as 8:03:56 do Craig Alexander são verdadeiras, pois ele passou pelo Anti Doping.



2012 vai ser o ano para o Ironman e para o IM Hawaí.


Os altos e baixos dos anos anteriores culminaram, afunilaram, e prometem uma prova fantástica tanto para os amadores, quanto para os atletas da elite.

As duas categorias estarão em peso em Kona.

Imaginem uma disputa entre Macca, Craig, Armstrong, Brother Raelert, Lieto, Poots, Marino, Jacobs.....

Vai ser demais!!

Agora..........  Não é o Lance Armstrong que esta promovendo tudo isso.

Isso tudo é uma grande consequência do que é o esporte Ironman.

Lá trás..... o Ironman era o mesmo Ironman de hoje.

Pessoas se encantavam com esse esporte da mesma maneira que se encantam hoje.

Apenas tudo acontecia de uma maneira mais lenta, pois ficava um pouco mais difícil, sendo que a mídia não era tão especializada, as informações não eram tão rápidas, os equipamentos não eram tão difundidos....

…. mas as pessoas , mesmo que aos poucos, já eram picadas por esse “bichinho” chamado Ironman.

Alguns bons atletas que estão hoje fazendo parte da elite do Ironman, e que estarão no Hawaí, são aqueles amadores lá de trás, que começaram vendo, se apaixonando e depois praticando esse esporte.
E em outubro farão parte desse start list histórico que veremos.

O Armstrong, vai sim trazer a TV mais próxima, e também trazer patrocinadores e mais e mais adeptos..... 

.....mas ele é APENAS mais um que se rendeu a magia,   (que eu não entendo)   que é o Ironman.



Em outubro eu estarei lá................ para ver .



5 comentários:

3 ATHLON NA VEIA disse...

Realmente, Ciro.
O Ironman é tudo isso que vc. falou e um pouco mais.
Não é o L.A. que está dando essa visibilidade ao Iron. É justamente o inverso.

Deco disse...

Ciro,
Fala meu velho.
Primeiro concordo mais uma vez com vc do 1º ao 5º e acredito que o MITO LANCE só vai promover midia e mais patrocinadores, em virtude da legião que acompanha o feito Armstrong, é como se o Lance fosse jogar Golf, todos iria olhar o golf. Mas o crescimento do IRONMAN é uma consequencia natural assim como vc descreve.

2º Gostaria de entender, quando vc escreve "não entendo" hhehe redundante, mas gostaria de saber o que vc quiz realmente dizer com isto.

Bueno loco, a mais queria te dizer que fiz amizade com o LOOD - pelo que sei uma grande amigo seu, Ele ficou em minha casa qdo veio a Porto ALegre e viramos bons amigos, é um cara sensacional...

É isto ai Ciro, este ano infelizmente estou fora do IRON, 2013 to lá com certeza e vou tentar a tão "desejada vaga" para poder ter noção do que é o IRONMAN, pois só assim saberei ao certo.

Abraços

Joka disse...

Po, tu vai ver de perto !!!rs A midia é broca.

cfportugal disse...

puffffff...... se tentou se enganar, achando que oq disse é a verdade, lamento, perdeu seu tempo.

Lance Armostrong é necessário, para o esporte, ele ja está levando a outro nível, pessoas que jamais ouviram falar de triatlo, amigos de BAR, vieram falar que ele vai correr "um tal de ironman"

Vc que vive de triatlo e seus amigos, ok, tem essa impressão errada de que ele vem crescendo e bla bla bla, mesma coisa falar com o corinthians era maior que o Ronaldo gordo, pura bobagem.

Lance Armostrong é maior que IM, como pelé é maior que a seleção brasileira, como Jordan é maior que a seleção americana de basquete e assim por diante

Ter ele praticando e participando dessa modalidade, jamais pode ser medido dessa forma, ele está acima de tudo isso, é um ícone, um MITO, seu post menospreza a pessoa e oq ele pode trazer de bom pro esporte. Pro nosso esporte.

aqui no Brasil, ao contrario do que diz, o ÚNICO evento que cresce, são os administrados pelo GALVÃO, todos os outros TB, Long Distance e qq coisa que a CBTRI faz, cada dia cai o número de inscritos e o nível dos atletas, basta olhar 10 ou 15 anos, os tempos da elite e dos profissionais, para ver oq estou afirmando.

Se temos exceções hj no amadorismo, é graças a libertinagem que existe, no consumo de drogas, pois não existe ainda anti doping, as provas que começaram a ter exames aos amadores, todos desistem de participar, ou simplesmente desistem nos primeiros kms de corrida, virou moda isso no IM de floripa de 2 ou 3 anos pra cá, um monte de gente boa, corre uns 10 ou 20km, daí fala “a era treino pra Áustria” ou treino sei lá pra qual outra prova. Atleta bom mesmo, limpo, estamos ferrados.

ciro violin disse...

Cara...
Vc confundiu.
Para mim, não interessa se o nome dele é mais forte que o nome do IM.

A ideia do texto é exatamente essa.

Dizer que um CARA tão poderoso quanto ele, que poderia fazer qualquer outro esporte, se rendeu a esse esporte fabuloso que é o IM.

Presta atenção no texto antes de criticar.

Minha ideia é dizer que ele sendo quem é.... famoso como ele é.... mesmo assim ele começou a fazer IM.

Ele é apenas mais um que se apaixonou pelo esporte.

Presta atenção CF Portugal

Agora... o que vc ta falando sobre doping?

Quem falou de doping aqui?

CF Portugal.... será que nunca te disseram que é sempre muito mais fácil dizer e culpar os outros pela sua incompetencia??

Ja ouviu falar nisso né?

Quando vc não consegue algo, por pura incompetencia, é muito mais fácil e gostoso na pizzada de domingo, ou depois da merreca de treino de bike, ficar falando mal dos outros.

Falar até papagaio fala.
Ja ouviu essa frase né?
Essa com certeza já.

O que vc quer dizer com doping no amador?

Que todos os que se classificam para o Hawaí são dopados??

Que os que ficam campeões no Hawaí são dopados??

O que vc quer dizer?

Veja bem.... Aproveita que vc gosta tanto do Galvão, e fala pra ele incluir o teste anti doping aqui no Brasil tb.
Eu ja falei com ele sobre isso, e pelo visto o custo do $ não deixou.

Aproveita e fala com ele.

Alias... se vc quiser, me manda seu email que eu te mando uma suprezinha de 2010 quando ganhei no Hawaí.