Caiobá...

Ontem foi mais uma batalha entre o Ciro (Diabinho) X Ciro (Anjinho)

Sabem né?? Naqueles desenhos onde o Diabinho tenta convencer a fazer algo, e o Anginho tenta convencer ao contrário.

Pois é... ontem fiz uma prova a lá Dean Karnazes (o ultra maratonista). Em seu livro ele comenta que nas provas de ultra maratonas, depois dele já estar completamente quebrado, e ainda na metade do percurso......ele fica colocando metas pessoais simples como:

Ir até o próximo poste.
Cheguei no poste?
Então ir até aquela ponte.
Cheguei na ponte?
Então ir até aquela placa...
E assim por diante até completar a prova toda.

Foi mais ou menos isso que aconteceu no Long em Caiobá.
Até as 2h39 de tempo de prova..... ela estava sendo um desastre.

Depois de uma péssima natação, com direito a náusea pelo mar muito mexido, saí ao lado do Santiago Ascenso... o que estava errado, deveria ter saído pelo menos 40 seg na frente dele.

Montei na bike e o martírio começou.... pedalei 7km com ele, até a rodovia, e depois em 1 min ele desapareceu da minha visão.
Fiquei pensando que eu não estava indo pra frente e sim pra trás, pois tamanha foi a diferença de velocidade que ele imprimiu naquele retão.
Enquanto eu não sabia se colocava, ou se tirava o óculos por causa da chuva, pois claro, ele embaçava, começaram a me passar.....
Albano......
Casu.......
LODD..... (outro que desapareceu da minha visão em poucos minutos, e fez o incrível tempo de 2h01 com transições.... como ele consegue pedalar com aquele vento???)
Cris Solak......
Roberto Lemos e CIA

E mais uma penca de gente.

Eu ja estava com dor nas costas, no pescoço, e querendo que o pneu furasse.
No final da primeira volta, fiquei pensando:
``Bom, já que vou parar... vou parar onde? No apartamento? Mas to sem a chave.
Se eu parar na transição, não vou poder tirar a bike, terei que parar com a bike do lado de fora, pedir para um staff pegar minha mochila para pegar a chave do apto.´´

Até que no último momento resolvi o seguinte:
Já que vim até Caiobá vou dar mais uma volta pelo menos como treino.

E fui..... ventava de todos os lados... isso foi incrível!
Eu tinha que fazer muita força para ficar no rabo do bloco e sem pegar vácuo.

Com 70km, e já sem chuva, passa um gigantesco pelotão liderado por Willian Barbosa e Rodrigo Tomé... sei lá, tinha uns 12 caras.

Um pouco mais pra frente, cheguei a comentar com o Cris Solak (que ficou junto comigo todo o momento), que precisaríamos tomar cuidado.... por que naquela velocidade medíocre que estávamos pedalando..... a Ariane iria nos pegar logo logo.

Eu juro.... depois que comentei isso com ele, nos olhamos e acho que pensamos a mesma coisa.... abaixa a cabeça e faz força que se não ela chega mesmo!

Chegando na transição, fui o último a entrar e já estava decepcionadíssimo comigo.

Fiquei pensando em nem sair pra correr, mas ao mesmo tempo me cobrava de uma maneira assim:
Eu me via num espelho com o dedo indicador apontado pra mim mesmo, e dizendo:
``Eu só espero que vc saia pra correr bem Ciro.... isso aqui esta um desastre até agora, que horas o senhor vai desenvolver tudo o que treinou?
Que ridículo!!!! Que papelão!!!!
É bom que vc corra bem Ciro.... ou terá consequências nas segunda-feira.´´

Entrei caminhando na transição, coloquei a bike tranquilamente, fiquei pensando se sairia mesmo para correr.... pensei, se eu não correr bem a primeira volta, irei pedir uma grana emprestada pro Marcelinho, e vou sentar no banco da orla da praia e ver a corrida tomando água de coco e ficar me xingando.

Saí caminhando da transição e num trote medíocre, mas por incrível que poderia parecer, comecei a me sentir até que bem.
Bom, pensei, vou dar uma volta e ver o que acontece.

Tinha saído em oitavo da água para o ciclismo..... e do ciclismo para a corrida em 28.

Aos poucos fui encaixando a passada....... encaixando, encaixando e comecei a passar os caras.
No final dos primeiros 7km que passei com 26´30´´ já estava em décimo no geral.

Na segunda volta trouxe comigo o Willian Barbosa e o Cris Solak num ritmo muito bom.

Na terceira volta já estava em 5 geral e tirando do Fábio Carvalho que pareceu estar cansado, e só trotando para terminar..... e ainda assim trazendo o Cris e o Willian na cola.

Terminei a prova quebrado!!!!!!!!!!
Quebrado, torto, com 3h 59´ e uma corrida de 1h19´58´´ para os 21km

Vinte segundos depois chegou o Solak e o Willian.... em DOIS ÓTIMOS DESEMPENHOS

Parabéns ao Solak que fez uma prova cadenciada, sem empolgação no ciclismo, e com uma corrida fantástica foi o segundo no geral amador.
Parabéns tb ao grande Willian que não preciso dizer mais uma vez o quanto esse cara é bom geneticamente para o esporte..... se treinar sério, ninguém pega.

Mas acho que mereço tb uns parabéns vindo de mim..... pois após me sentir um inútil, e querer me enforcar por quase 3h de prova, minha briga interna resultou em um bom desempenho na competição.

Domingo, eu estava numa prova com mais 450 pessoas, mas a competição foi só EU contra EU mesmo mais uma vez.

Minha briga interna com direito a ser estúpido e grosso a lá Ciro Violin.... foi maior do que eu poderia imaginar.
A chamada de atenção de MIM para MIM mesmo - foi tão grande que foi como se eu estivesse me chaqualhando e me dando tapas na cara para acordar de um ``sono´´ na hora e lugares errados.

Deu certo............. Me derrotei mais uma vez e a consequência foi ganhar o geral amador numa competição bem disputada, organizada, bonita, e especial....

Mas Caiobá continua engasgada na minha garganta



Parabéns ao Santiago Ascenço que ``brincou´´ na prova.... tanto comigo no começo, quanto com o pelote da frente na bike e depois com o cara do revezamento que tentou deixa lo por várias vezes e não conseguiu. O Santiago mesmo depois de ter nadado, pedalado forte, ainda derrotou o cara do revezamento em um ritmo alucinante de corrida.
Parabéns!

E ficamos assim..... mais uma vez ontem serviu pra me mostrar que tenho muito a aprender, a treinar, e quanto sou insignificante perto de um ventinho, ou um mar mexido.

E claro....... que triathlon é foda....

Quer meter ferro nos outros nas provas????
Primeiro tem que meter ferro em vc mesmo.

























FOTOS DE RENATO BÜRGUEL

19 comentários:

Miler disse...

Muito bom!! esse relato..é loko...cara vc foi muito bom!! sabia que vc ia andar bem la...e com esse conflito todo mandou muito bem!! imagina se pega vc num dia bom!! hein...vixe ..da até medo....Parabéns...vc é um grande atleta e um exemplo de superação e determinação...me espelho muito no que vc escreve..valew ..depois da uma lida no meu blog da prova de Itapira..valew um grande abraço

Deco disse...

CIRO...
CARAL............é só o que tenho a dizer, pois comuma corrida destas p.q.p você faz parecer fácil vencer a si mesmo, quando é preciso....
Cada vez mais tenho acerteza que estou no esporte correto, pois lendo sobre suas provas fico numa "baita" pilha pra começar a semana de treinamentos para o Iron, mesmo tendo um final de semana muito dificil e sentindo que estava perdendo para mim mesmo....
Abs e valeu por muito incentivo, sem nem ao menos vc saber que faz isto.....

Valeu mesmo

Xampa disse...

"....e vou sentar no banco da orla da praia e ver a corrida tomando água de coco e ficar me xingando ..." Não precisa dizer mais nada.
Parabens.
Animal a reportagem na Jovem Pan. O esquecimento da GU e da Kona deve ter ficado estranho, mas o cara te perguntou uma parada e isso deve ter atrapalhado.
Abs.

Joka disse...

Olha, antes de tudo parabéns GUERREIRO !!!! Te digo: Li o livro do Dean e aprendi diversas coisas que até hj as uso em provas longas. Mas esse seu relato vai ficar marcado na minha cabeça e pretendo refetir nele no dia 18/04 em uma prova de 100km solo...kkk Abraço, parabéns e obrigado man...

Ciro disse...

VALEU Miler, Deco, Xampa e Joka!!!
grande abs
ciro

Anônimo disse...

``... pois após me sentir um inútil, e querer me enforcar por quase 3h de prova...´´

Essa tb foi ótima
uhauhauhauahauah

Boa!!


Renato

Ronardo disse...

e ae cirão, parabens pela prova cara!!

Murilo disse...

Parabéns pela sua vitoria!!!!!!

Nosso maior adversário sempre será nos mesmos!!!!!

Ate mais

Parabéns

AnaMaria disse...

Essa insistência do Ciro de que lutamos contra nós mesmos é uma frase simples, e que parece que todos já sabem, mas que nunca se lembram dela.
Acho uma boa ele ficar insistindo nela assim, pois reforça a ideia de que uma coisa tão simples e que todos sabem, fica no esquecimento por tanto tempo.

A melhor de todas pra mim desse texto foi:
``Montei na bike e o martírio começou´´
Ele deve ter pedalado pra uns 38 de média e ainda achou ruim.

Parabéns Cirão!!

Ana

Fernando Quirino disse...

Ciro
Esse e o outro post da natação na chuva, mostram que todo mundo tem seu "Jack" e vencê-lo é o início do sucesso!
Parabéns!
Queria eu "quebrar" do jeito que você quebrou em Caiobá!!! Rsrsrsrsrs!

Abraço!

Vagner disse...

Nossa, como ri com esse post! Mãe do céu, tô com a barriga doendo!

Eu também, quando eu fiz o retorno do bike na primeira volta pensei "ué, tá ventando para esse lado também????"

Ai, você escreve:

"E fui..... ventava de todos os lados... isso foi incrível!"

Velho, você tem essa qualidade de ser um super atleta, mas fala sobre as provas como uma pessoa comum, como se a gente estivesse batendo papo no carro com um amigo que acabou de fazer a prova também, mas chegou lá trás...

Por isso que a moçada que não é profissa não perde esse blog...

Daniel disse...

Isso aí cirão!!! a primeiro e principal adversário somos nós mesmos!!! Abração

Mascaro disse...

Parabéns Ciro. Acho que é por esse seu espirito incansavel e lutador que não tenho duvidas de que a cada dia ganhará mais espaço no triatlo. PARABÉNS CARA.

Giovani Sturion disse...

Parabéns Ciro!

Po nem sabia que vc vinha, devia ter feito uns treinos com a gente aki na amaral....

Fica ai o convite..

Abraços...

Renato Bürgel disse...

PARABÉNS CIRÃO, VOCÊ COMO SEMPRE DEMONSTRANDO QUE ALÉM DE UM PUTA ATLETA É UM BLOGUEIRO FANTÁSTICO! SEUS RELATOS SÃO INCRIVEIS E COMO JÁ LHE DISSE, PENSE NO SEU LIVRO!
SOBRE A PROVA, MAIS UMA VEZ CURTI MUITO ESTAR LÁ E ASSISTIR MEUS AMIGOS BRILHAREM! PARA O PRÓXIMO ANO PROMETO RETORNO A MANSÃO BÜRGEL!!! UM ABRAÇÃO E VOLTE SEMPRE AO NOSSO ESTADO E EM ESPECIAL A ESSA PROVA DE CAIOBÁ, QUE JÁ ESTA SENDO CHAMADA DO TRIATHLON DO VIOLIN... HEHE
PS: OBRIGADO PELA CAMISA, AMANHÃ MESMO VOU CORRER NO BARIGUI COM ELA!!!

Júnior_Triatleta disse...

Valeu Ciro, parabéns pela prova.
E obrigado pelas dicas na viagem.
Abraços

Luigi Prada disse...

Ciradaaaa
Parabens ai
vc é foda cirao
valeu pela viagem e pelo treininho no sabado la
hahaha
abraço

renatotopan disse...

Fala Ciro..... "PARA OBTER ALGO QUE VOCE NUNCA TEVE, PRECISA FAZER ALGO QUE NUNCA FEZ" (Chico Xavier)

Esta prova mais do que testar sua performance, moldou e evoluiu mais o seu caratér competitivo, ao molde do velho "THE MAN - Davis Scott" com om eterno "NEVER GIVE UP"

Só me faz um favor, como este ano eu não vou pra Kona, deixa pra pegar pódio ou ganhar em 2011 qdo planejo estar por lá pessoalmente pra te aplaudir...

Forte abraço do TOPAN

Breno Galvão disse...

Mar Mexido... Peguei um aqui em Natal e passei o resto do dia na tontura. É preciso se vacinar contra esse mal, que mesmo assim não lhe tirou a vitória, apesar de não vir o desempenho esperado...

Parabéns Ciro Violin por mais essa!!!

E estamos na torcida!!!