Triatletas X Ciclistas

-



Essa é uma dúvida persistente e muito insistente...
É incrível como existe discussão para saber quem pedala melhor... os triatletas ou ciclistas.
Todas as vezes sai pau nessa questão.

Bom............. minha opinião, é que não se pode comparar.

Ciclista é ciclista, e triatleta é triatleta

Por mais que - quando entramos na água nos tornamos nadadores, quando montamos na bike nos tornamos ciclistas, e quando colocamos os tênis, nos tornamos corredores - isso não quer dizer que somos iguais aos respectivos caras dos respectivos esportes

São coisas diferentes...

Nós triatletas pedalamos bikes diferentes das que os ciclistas pedalam...
Pedalamos em posições diferentes da deles...
Pedalamos reservando energia para a corrida...

Não se pode comparar.........
Mas sinceramente, eu me comparo.
Não deveria, mas me comparo.
Tenho que dizer que, para se ficar bom, deve se pedalar com eles.
É incrível como melhoramos quando pedalamos com eles.
Devemos aprender com eles.

Eles metem o pau na gente o tempo todo. Falam que somos tripatetas graças a muitos triatletas patetas.
Eles tem razão...... nós temos razão.

Tenho treinado muito com ciclistas ultimamente e tenho evoluído muito.
Vou com a bike road sem clip e forço colocar uma camiseta de ciclismo, que não curto, pois acho que me aperta.

Mas pedalar e aprender com os ciclistas é muito bom...
Estamos acostumados a colocar um passo cadenciado e ir embora não importando se são retas, subidas ou descidas pela frente.

Quando treinamos com os ciclistas, fazemos diferente: Atacamos as subidas, descidas, e as retas. Aprendemos a andar em pelotões, aprendemos a ter a noção das trocas de marchas, e de vez em quando zoar algum tripateta de verdade...

Adoraria ver um desafio de ciclistas X triatletas que pedalam bem

Já pensou um desafio entre:

-Reinaldo Colucci contra Jean Coloca (ciclista pro brasileiro)
-Oscar Galindez X Bruno Tabanez (1o do ranking nacional)
-Luis Otávio Duarte, o LODD X Andrei Ortiz (Vencedor do Granfodo Italia)
-Rafael Brandão X Rodrigo Faro (vice da VO2 de Campos)

Quem venceria um contra relógio de 90 km em Pirassununga?????

Sei lá....
Se eu tivesse grana o bastante, faria um desafio desse valendo 10 mil para o que ganhasse.

Só resta saber se o Reinaldo ou o Galindez iriam nadar os 1900m antes... hehehehehe
Fica aqui minha ideia sobre o desafio...

E abro para opiniões de quem VC acha que é melhor.



Recentemente teve uma disputa entre Lance Armstrong e Chris Lieto na Big Island Hawaí -

Vejam a matéria:

Por Tadeu Matsunaga


Lance Armstrong venceu o duelo particular com Chris Lieto, vice-campeão mundial do Ironman do Havaí. O confronto de ambos foi transmitido pelo twitter com o título de “Fist Twitter TT”.

Em um contrarrelógio de 22,5 quilômetros, num trecho da rodovia Kamehameha, na ilha de Kona, Armstrong conquistou o desafio com o tempo de 18min35s contra 18min44s de Lieto, com uma velocidade média de 56,4 quilômetros por hora.

A proposta surgiu através do twitter, enquanto ambos realizam a preparação para a temporada no Havaí. Lance Armstrong lançou o desafio: “Acabo de cruzar com Chris Lieto, que vinha na direção oposta a minha. Então Chris, que tal um desafio de contrarrelógio amanhã? Eu, você e mais ninguém”, provocou o heptacampeão do Tour.

Lieto respondeu de bate-pronto. “ Lance também vi você treinado. Aceito o desafio, mas precisa ser após às 8 horas da manhã. Preciso nadar primeiro. Pode me ligar”.

Por fim, Armstrong acertou o local: “Na rodovia Kamehameha. Começamos às 9h30. Serão 22,5 quilômetros, ok? Cuidado comigo”, brincou.

http://www.youtube.com/watch?v=e4fa7CE-Daw&feature=player_embedded


21 comentários:

Eduardo disse...

"Quem venceria um contra relógio de 90 km em Pirassununga?????"

Confesso q tb sempre fico imaginando esses CRs para comparar ciclistas com triatletas na modalidade "ciclismo"...

Mas seria o mais justo? Os ciclistas terem que competir em distâncias usadas normalmente em triathlons (40, 90, 180kms)?

Q tal assim?

Sprint 300m:
Mark Cavendish x Alistair Brownlee

Subida 20km, 10-15% inclinação:
Franco Pellizotti x Matt Reed

CR de 15km
Fabian Cancellara x Chris McCormack

sica disse...

Ciro, você está comparando dois triatletas (hehehe), quem começa triatleta morre triatleta, acredito que o Lance ainda vai vencer em Kona.
Já agora o melhor pedal actualmente no circuito mundial da UCI, fala Português e chama-se Bruno Pais.

Michel Fontoura disse...

Com certeza Ciro andar com ciclistas é sempre um grande aprendizado, além do que ajuda a mudar as nossas rotinas de treinos quase sempre solitários.Quanto ao Lance não podemos esquecer que suas origens de atleta vem do Triathlon,talvez por isso ele seja um grande ciclistas,hehehe!

Xampa disse...

Realmente, comparar um ciclista com um triatleta é para mim a mesma coisa que:
1) comparar um jogador de volley de praia com o de volley de areia.
2) achar que um jogador de basquete jogará bem handball
3) achar que um jogador de futebol de salão vai jogar bem futebol de campo.
Enfim, são esportes diferentes.
Agora, acho que, como vc bem disse, é bom aprender noções com os ciclistas. Saber usar armas que eles usam e os triatletas não.
O que muda muito no triathlon é que ninguem nasce fazendo. Normalmente, o cara começa fazendo um dos tres esportes e troca.
Belo post.

Sabugando disse...

??????

Max disse...

Esse post vai render.

O comparativo realmente é complicado. O mesmo poderia ser feito com nadadores e corredores, e creio que em todos o triatleta leva desvantagem não por ser menos apto ou competente, mas por incorporar volume de treino menor em cada modalidade, e acumular a sobrecarga de duas outras. Uma coisa porém é incontestável: o triatleta que nada com nadadores, pedala com ciclistas e corre com corredores tem uma qualidade muito superior, porque habitua-se às exigências impostas por especialistas. Quem já fez treinos intervalados com nadadores, ciclistas e corredores sabe bem do que estou falando.

Tendo vivido essa transição do triatlon para o ciclismo, posso afirmar o seguinte sobre o triatleta amador mediano que iniciar em provas nesse esporte:

- em provas de circuito, aguenta duas pauladas...na terceira sobra;

- em provas de estrada, aguenta 3 ou 4, e daí sobra....

- se persistir, vai dar trabalho em ambas, e mais ainda em provas de tri.

Em outras palavras, o que mata o triatleta é a variação de ritmo brutal, e o pouco intervalo entre essas variações, mas isso é questão de adaptação.

Por outro lado, o ciclista que participar de uma prova de triatlon mais longa e não for passista, pode se ver em maus lençóis por não poder contar com a ajuda do vácuo, e ter que manter um ritmo uniforme e mais acelerado.

A rixa entre os dois grupos existe mesmo, mas uma vez vencidos certos preconceitos - existentes de ambos os lados - a convivência é saudável e benéfica para ambos. Conto hoje com excelentes amigos nos dois grupos, que só agregam ao meu crescimento como atleta.

ab.

m.

Vander de Melo Praxedes disse...

Ae Ciro..
bakana seria esse desafio..
Eu sou suspeito a opinar em quem é o melhor, pq estou tentando sair do ciclismo para entrar de vez no triathlon, mas por enquanto sigo nos dois, e o meu esporte de origem é o pedal.

Essa competição ai, acredito, q não tenha passado de uma brincadeira, pois os dois estão em um ritmo de treino diferente.
O L.A não está a 90% da sua forma, pois quer chegar nela em julho , no Tour de France.
O Lieto, talvez esteja treinando bem mais. Mas, como ficou explicitado na matéria, o Chris nadou antes, então desgastou um tanto necessário, talvez, para tirar uns 30 segundos do texano Armstrong.
Eu sou fã do Lance, mas admiro o triatleta tb..
prefiro ficar sobre o muro entre os dois nessa situação pois cada um tem caracteristicas diferentes, e treinando diferente, mas , em condições normais,
sem comparação..
os ciclistas são os melhores.
hehe

abração

Artur Araujo disse...

O Ciro tenho acompanhado seu blog e tem me influenciado positivamente,inclusive no meu blog.
Pelo desafio feito vc vê que o tri chega muito próximo de um ciclista.Vou além eu sempre digo que os Ironman Pro são de outro mundo.O nível dos caras é de assustar.Abração.

Anônimo disse...

Ciro, já estou sabendo que além de pedalar com ciclistas, você esta saindo com uma ciclista.
Fala ae, é verdade né?
Por isso que você tem pedalado bem.
rsrsrsrs

ROMINHO disse...

A galera acho que os "específicos"
sempre vão andar mais !!!
Mas falando em Brasil , podemos
comparar os triatletas tops aqui com o ciclistas sim , conheço muitos prfissionais e digo que é muito difícil alguém fazer 50min nos 40km na anchieta com vento igual ao Colucci ano passado no internacional
ou pedalar os 90 em 2 hrs.
Comparando com o gringos acho que não dá , mas nível Brasil dá sim.
*Teve um ano que Galindez foi vice Brasileiro de TT , perdeu só pro Misiak , mas não lembro o Ano.

abraço a todos

Rômulo

AnaMaria disse...

Ciclistas, triatletas.
Triatletas, ciclistas.

Eu sei. Eles, os ciclistas, metem o pau, dizendo que triatletas só pedalam nas retas, e em provas planas, que não sabem trocar as marchas, que pedalam com o capacete torto, que não usam roupas de ciclismo, que derrubam os outros no pelotão, etc, etc, etc

Infelizmente é verdade.

Triatletas profissionais, e triatletas amadores-bons NÃO.
Eles pedalam corretamente, sabem trocar marchas, sabem pedalar em pelotões, etc,etc,etc.

Mas os Tri-Patetas fazem tudo o que os ciclistas reclamam sempre.

Minha dica é: se você não é experiente triatleta, e começou a pouco tempo, não se meta a andar com ciclistas, a não ser que ele for muito seu amigo. Não entre em um pelotão de ciclistas desconhecidos, pedalando de macaquinho da FLETS (que ridículo) clip no guidão, capacete torto, e trocando as marchas da catraca com a mão esquerda estando clipado.

Se não você não vai derrubar ninguém do pelote. Você será derrubado. E com razão.

E sobre quem pedala mais?

Sou mais o Galindez e o Reinaldo contra qualquer um dos que você citou Ciro.
Agora contra os caras do Pro Tour sem chance nenhuma.

AnaMaria disse...

À proposito.

Leiam o blog do MAX sobre pedalar com bikes TT em subidas.
Um belíssimo post

www.maxkonabikes.blogspot.com

Ciro disse...

Eu me lembro de um ano, acho que foi 1998, em um Meeting no autodromo de interlagos organizado pelo Célio da Cia de Eventos que teve 2 provas:
Um duathlon 8km / 34km / 4km
e uma prova de ciclismo de, sei lá, uns 50 km.

O Senhor Galindez venceu o Duathlon que tinha além de Manzan, Michel Bogli e PZ.

Depois que rolou a prova do ciclismo, acho que umas 2 horas depois, foi feito um desafio entre os 6 melhores tempos do ciclismo do duathlon contra e os 6 melhores tempos da prova do ciclismo.

3 voltas no autodromo de 4,3km contra relógio, saindo a cada um minuto.

Resultado??

Galindez na cabeça 55 segundos na frente de Marcio May, Cassio de Paiva, equipe da Caloi, e compahia.

Nunca vou esquecer esse dia.
Galindez é Galindez!

Max disse...

Rominho,

saber que o Misiak ganhou do Galindez me faz sentir um pouco melhor. Ele pedala por aqui (Curitiba) hoje em dia, e recentemente, num triatlon olimpico em que pedalamos para equipes diferentes como parte de um revezamento, fiz todo o percurso alternando com o Miziak a cada 300mts mais ou menos, estilo Team Time Trial, e fiquei muito, muito impressionado, e ainda mais cansado que impressionado. O homem ainda é uma máquina de pedalar. Depois que chegamos ele saiu pra correr um pouco e eu fiquei arriado no chão. Média de 42 e pouco, graças sem dúvida ao ritmo imposto por ele, ao qual eu simplesmente sobrevivi como pude. Pior foi saber que ele nem estava treinando muito.

m.

Rafael Somma disse...

Ciclismo na minha opinião é um dos esportes mais bonitos que existe e a bicicleta talvez um dos maiores inventos do homem. Não sei se teve jogada de marketing ou algo parecido, acredito que não e sim um treino de qualidade com um desafio realmente como deve ser feito do tipo aqui e agora entre Armstrong e Lieto. Valendo alguma coisa é muito complicado e a situação foge de controle descamba para outro lado, tanto é que tem nome de atleta nos comentários que foi banido do esporte por uso de doping e até como informação atualmente isso é uma das maiores preocupação dos organizadores das olimpíadas aqui no Brasil a coisa está meio descontrolada, atletas usando substância para ganhar prova de "bairro". Quando começou a onda dos desafio de vale tudo a muitos anos atrás, os "badboys"desafiaram um ator americano artista marcial de verdade e a resposta dele foi: "sim, desde que seja da maneira oriental, entra eu e você numa sla e só sai um vivo, sem mídia, sem dinheiro e sem comparaçào de modalidade de luta é o seu nome contra o meu..." a luta nunca aconteceu.

LODD disse...

Opnião de quem viveu um pouco dos dois mundos:

Trás eles pro CRI longo e poucos aguentam... Simplesmente porque são pouquíssimos os especialistas aqui no Brasil. Se for plano então, onde a "passada" conta mais do que a variação o universo cai mais ainda.

Em Pirassununga esse ano, na última volta do pedal passei por um excelente ciclista de Americana (que tinha me dado um pau no paulista de CRI) e estava participando de uma equipe de revezamento. Ele já estava se contorcendo, alongando e fazendo caretas em cima da bike àquela altura...

Agora, vai pro territorio deles (prova de pelotão) e tenta assistir a chegada... Ano passado nos abertos eu estava na mesma largada que os srs. Colocca, Adriano e Andrei da Padaria Real e vi o que eles fizeram (foi outra corrida) e mesmo sendo um circuito de 2km eu não consegui ver a chegada de tão pra trás que eu estava. Esquece, o estilo de pedalar é totalmente outro e as demandas de uma corrida são coisas que nenhum triatleta tem (mesmo porque não é desejável que se tenha pois pode acabar atrapalhando no nosso esporte).

É valido teinar com eles???? Boa pergunta, e a resposta é: DEPENDE MUITO... de quem é que vai treinar e com quem? Que treino e quanto. Agregar, sempre agrega, mas precisa pesar muuuuito bem se isso não pode acabar atrapalhando.

Veja bem, para um atleta como você é muito válido, mas para alguém com menos experiência, menos tempo, menor poder de recuperação pode ser um tiro no pé.

Eu treinei e treino muito com ciclistas, de estrada, de pista... tenho grandes amigos que me ensinaram muito, mas a especificidade dos nossos treinos NUNCA podem ser deixadas de lado!

Excelente post!

LODD
Ah, e que o Andrei não leia o ultraje que você cometeu ao me colocar numa disputa com ele ;-)

Davison Venâncio Sant'anna disse...

CIRÃO, TUDO BEM!!!!
BEM COLOCADO ESSE TEXTO, POIS NOS AQUI DE LIMEIRA, AQUELES QUE DE VEZ EM QUANDO VC TREINA JUNTO, TODO SABADO QUANDO NAO TEM PROVA DE CICLISMO NO PAIS, TODOS OS CARAS DA EQUIPE DE AMERICANA TREINAM JUNTO, MINDU, TABANES, GERALDO E OUTROS QUE NÃO VEM A CABEÇA AGORA, E É ISSO MESMO, ELES DÃO UM RITMO ALUCINANTE PARA NOS, E QUANDO NAO ROLA UNS PEGAS QUE ESPALHA O PELOTÃO, MAS DEPOIS SE FORMA DE NOVO.. E FOI COM ELES, E COM O TREINADOR DELES, O BRAW, QUE É UM SUPER APOIADOR NOSSO, ABRINDO SUA ACADEMIA PARA OS TRIATHLETAS TREINAR SEM CUSTO, ELE MUDOU O PEDAL DA GALERA AQUI, CONSEGUIU ATE MELHORAR O PEDAL DO MARCELINHO DE ARARAS, RSRSRSR

MAS É ISSO, COMO O MINDU FALOU; ELE FEZ O REVEZAMENTO EM PIRASSUNUNGA E NAO ACREDITOU NO RITMO DO PEDAL DOS TRIATHLETAS, INCLUSIVO VC CIRO, QUE VEIO LOGO ATRAS DELE, ELE NAO ACREDITAVA QUE OS CARAS IRIAM SAIR PARA CORRER DEPOIS....

DAVISON - TRICAIPIRA

Rafael disse...

Esse negócio de reparar se a roupa do cara ao lado "é de ciclista" ou não, não parece exagero de quem o faz?
Tudo bem que as tribos existem, mas não podemos nos esquecer de que o mais importante é o que está dentro e não o que está à mostra.

Fernando Quirino disse...

Davison, como você é exagerado!
O pedal do Marcelinho não melhorou nada!!! Rsrsrsrs!
Brincadeira, o cara pedala bem (quando consegue ficar em cima da magrela!) Rsrsrsrsrsr! Eu não aguento...

Sergio disse...

Já falaram tudo.

Mas

CR de 15km
Fabian Cancellara x Chris McCormack

Compro ingresso antecipado!

Só faltou o Chuck Norris, junto no pega.

Cassio Riccelli disse...

Ciro! Vamos organizar esse evento! Temos que aproveitar que o Brasil vai sediar as olimpíadas e copa do mundo! Isso vai trazer muito foco e muita grana pro esporte e a gente com certeza precisa de mais visibilidade pros nossos esportes (triatlo e ciclismo)! Acho que, no Brasil, o ciclismo até mais do que o triatlo!
Uma prova relativamente simples e que dá pra criar também uma categoria amadora...
Ah, e parabéns pelo Internacional esse fim de semana! G1 é foda... revezamento o caralho! hehe