Bem vinda, Nike!!!!

Nike..... BEM VINDA AO MUNDO REAL!!!


Obrigado, obrigado, obrigado!!!!


Precisamos muito da sua ajuda... obrigado!



Educação, por favor...

Jogadores de futebol, são atletas?

Aproveitando o último post sobre o Haile que disse que o Ronaldo esta fora de forma, alguns comentários me fizeram questionar algumas coisas (pra variar).

Os comentários  estão relacionados com os jogadores de futebol...

Jogadores de futebol,  são atletas?

Discussão boa essa hein ??

Primeiramente o que é ser um atleta??
Pelo Wikipédia diz:
O atleta é o profissional dos desportos (preferencialmente atléticos) e das atividades físicas. O termo iniciou-se com os que praticavam atletismo, os atletas. Depois estendeu-se aos praticantes de luta (em jogos solenes) na Grécia e Roma Antiga. Também pode significar um homem ou mulher de sólida compleição

Origem da palavra:
Eusébio de Cesareia deriva a palavra
athleta de Aethlio, que estabeleceu competições entre seus filhos



Na minha opinião, é claro que os jogadores profissionais do futebol deveriam se encaixar na categoria Atletas... mas não são todos que honram esta "estrela".


Se o cara é profissional do esporte, ele tem por obrigação ser atleta, ou seja: 
Treinar, se dedicar, comer direito, ter uma vida regrada, dormir cedo, levantar cedo, e bla, bla, bla...


Existem o que fazem assim??


Claro que existem... e muitos.


O problema é que parece que os famosos não fazem.
Caras como aquele Adriano.......... é isso? Adriano... um ogro que o chamam de Imperador, FAZ TUDO ao contrário.
Não sei quem foi o imbecil do imbecil que colocou esse apelido, fazendo essa maldita e burra comparação desse troglodita, com um Imperador.
Será que não sabem a responsabilidade de um Imperador de verdade?

O grande problema que acontece, é que caras como ele, estão totalmente na mídia dia após dia após dia.
Caras como ele, são vistos diariamente por crianças que gostam do esporte futebol....  e que exemplos bons esse ogro dá?

Nenhum.

Outro problema, é que na verdade, ele não é o culpado.
Ele é um pau mandado, crú, que não sabe fazer mais nada a não ser chutar uma bola... nem correr atras da "gorducha" ele corre.
O problema esta na mídia que exalta caras como ele.
A mídia fica falando tudo o que esse ogro faz de ruim, e as crianças, ao invés de verem exemplos bons, dados pelos jogadores famosos, apenas recebem informações e notícias ruins.


Esse é apenas um, mas temos vários exemplos.


Nessa hora, eu concordo que o Adriano não é atleta porcaria nenhuma.


Mas................ é claro que existem.

Na época que eu acompanhava futebol, caras como o Roberto Carlos, quando jogava no União de Araras, passava mais tempo correndo e pulando fazendo agachamento em volta do campo, do que perto de uma bola.
Cafú, eu sei que era um cara que treinava a parte física... 
É obvio que existem inúmeros exemplos iguais, atualmente.

No pedestrianismo, ciclismo, natação é muito diferente.
Por que?
Por que são esportes individuais.
Dependem de vc e só de vc.
Se vc não se regrar.... se não levantar cedo, se não dormir direito, se não treinar e se alimentar bem, vc NUNCA será nada.

Um cara que chega na categoria profissional, em esportes como esses, já são e ja tem uma vida de dedicação, com regras e metas para alcançar.
Pessoas que se profissionalizam em esportes como a corrida, já tem que ter um histórico de disciplina e regras.
Se ele ou ela não forem assim nunca serão nada.
Alias.... se as pessoas não se regrarem, e ralarem, nunca serão os melhores amadores, e consequentemente, claro que nunca terão condições de chegar ao profissional.
Depois que entram no PRO, tudo fica ainda mais regrado, e ainda mais difícil tendo que se dedicar mais e mais.

As vezes vemos acontecer ao contrário no futebol.

Parece que os garotos que tem um dom com a bola, ralam, passam nas peneiras, começam a jogar, marcam uns golzinhos, fazem nome, fortuna, e aí, ao invés de continuarem sendo bons exemplos, continuam jogando e ao mesmo tempo sendo totalmente INDICIPLINADOS, comendo errado, bebendo, fumando, se drogando, não treinando, e sendo manchete de jornais, não por que marcaram um gol, ou defenderam uma bola... e sim por que atropelam, mataram, deixaram de pagar algum coisa, brigas, etc, etc, etc...

Se eles não querem mais jogar..... então que parem e se aposentem.


Eu não tenho nada contra o esporte futebol
Gosto dele como esporte.
Acho um esporte sensacional!!!
Dinâmico, imprevisível, coletivo, agregador.....


O que eu não suporto é a parte que esta em volta desse esporte.
O mundo que caminha ao lado do futebol , é podre.
Infelizmente!


Sigo correndo....

....  para não ficar gordo como Ronaldo, diz bicampeão olímpico


fonte da notícia:
UOL


O etíope Haile Gebrselassie, 38, uma das maiores lendas da história do atletismo, diz que continua correndo porque não quer ficar gordo como o ex-atacante brasileiro Ronaldo.


"Ontem vi Ronaldo na televisão. Observe como tem engordado. Não quero terminar assim, de verdade, não quero", disse o bicampeão olímpico dos 10.000 metros (Atlanta-1996 e Sydney-2000) ao jornal alemão "Frankfurter Allgemeine".


Gebrselassie quebrou o recorde mundial da maratona duas vezes, em 2007 e 2008, mas não conseguiu marca para disputar os Jogos Olímpicos de Londres, este ano.
"Londres está próximo. E meu tempo é quatro minutos mais lento do que o do etíope mais rápido", explicou o atleta, que também descarta a possibilidade de conseguir se classificar em outra prova para os Jogos.
"Não devo correr mais para meu país porque sei o que esperam os etíopes. O que querem é o ouro. Não querem ver Haile Gebrselassie, com a bandeira etíope no peito, ser derrotado por algum outro atleta", concluiu.

Com oito títulos mundiais (em pistas abertas e fechadas) nas mais diversas distâncias, o etíope não pretende se aposentar das corridas ainda.
"As pessoas não entendem minha filosofia mas preciso continuar correndo e, para isso, preciso das competições. Meu corpo tem que suar. Mas, para suar de verdade, preciso de uma meta. Não posso correr só para me divertir".


.

Para abaixar a bola...

Esse vídeo abaixo me fez parar para pensar...

Esse foi um dos vídeos, que vi na minha vida,  que me fez parar para pensar.
Vi umas 10 x e em todas elas pensei e pensei várias coisas.

Comecei a pensar na beleza do lugar.
No como aquelas rochas se formaram?
Quanto tempo para se formarem?
Se o vento ou a chuva foram os responsáveis, e por que não o mar...

Parei para pensar na serra construída que leva os Ser Humano até lá em cima.
Como conseguiram construir aquilo num lugar daquele?
Como eu queria subir de bike aquela serra!

Mas também pensei:

Como somos insignificantes perto do tamanho da Terra.
Se somos pequeninos perto desse Gigante planeta,  quanto somos insignificantes perto do desconhecido, ali fora do Mundo??

E também pensei:

Como nós triatletas somos insignificantes perto desses caras que pulam desses lugares...

Eles estão voando...

Se o Homem pode voar?
Ali esta a resposta.

Imaginem como esses caras se conhecem, como conhecem seu equipamento, e como conhecem o ambiente onde estão.
Não somos nada perto deles
NADA!

Por isso é importante que abaixemos a bola ... e  que nos coloquemos em nossos devidos lugares.










Chinese Scenes from BASE-Book - Matt Gerdes on Vimeo.



Perigoso???

Ah ta...

Perigoso é ficar em casa comendo bolacha recheada com sorvete, e coca cola. 

Texto da Revista Mundo-Tri fevereiro 2012

Por que correr com tênis baixos.


Começo esse texto dizendo: Essa é minha opinião.
Essa é apenas minha opinião, e ela é baseada em leitura, experimentos, observação, e principalmente fatos.
Eu não formo minha opinião baseada apenas na minha vontade ou preferência. Eu sempre fico do lado de um consenso comum. Também fico do lado dos fatos, e dos experimentos que dão certo.
Por tanto, antes de criticar, procure saber e entender sobre o assunto em pauta desenvolvido aqui.

Não quero de jeito nenhum parecer um vendedor de tênis, muito menos tentar convencer alguém a fazer o que eu faço ou como faço.
Vou dar minha opinião sobre correr com tênis baixos, e só.

Fatos são fatos.
É fato que o Ser Humano evoluiu com o passar dos anos.
Estamos "caminhando" sobre a crosta terrestre nos últimos 5 milhões de anos e, a mais ou menos 3 milhões de anos, por algum motivo ainda não determinado, “ganhamos” de outras espécies, nossas primas, e chegamos onde estamos hoje.
Em determinado momento lá trás, paramos apenas de coletar frutos e raízes, e passamos a comer carne. Essa proteína animal fez nosso cérebro mudar de tamanho conforme as gerações nasciam.

Com isso, nos tornamos onívoros comendo carne de vez em quando. Com o passar dos anos passamos de carniceiros que se contentavam com restos, a caçadores.

Mas como poderíamos ser caçadores se não temos garras, nem dentes afiados, nem velocidade, nem visão noturna, nem bom olfato?
Na verdade parece que eramos mais a caça do que caçadores.
Tínhamos uma arma secreta: A capacidade de suar.
Simples assim!
Desenvolvemos técnicas de perseguir animais como antílopes, guinus e gazelas correndo, correndo e correndo até que os animais caíssem mortos de tanto cansaço.

Sim!
A corrida fez parte da evolução do homem pois nenhum outro animal possui a incrível capacidade de transpirar enquanto corre.
Qualquer animal pode correr mais rápido que nós, mas nenhum pode aguentar um exercício aeróbico tão intenso quanto a corrida por muito tempo.
A corrida não é apenas o esporte mais antigo, por que era praticado na Grécia antiga. . . a corrida ajudou o Ser Humano a evoluir. Ela é uma companheira da nossa evolução a milhares de anos.

Não sou eu que disse isso.
Essa informação esta nos livros, nas bibliotecas, nas faculdades, na internet e principalmente, essa informação esta em cada um dos 7 bilhões de humanos na Terra.
É só olhar para um corpo humano.
Agora pergunto:
Como essas tribos de Homens caminhavam e corriam naquela época?
Com sandálias com ar, molas ou com gels ?
A resposta é obvia: Descalços.

Agora faço outra pergunta:
Como eles conseguiram caminhar e correr por 2 ou 3 milhões de anos, fazendo suas atividades de forma eficaz, nos dando condições e genes para chegarmos até aqui no atual ano?

No livro Nascido para Correr, escrito por Christopher McDougall, existe uma frase que pode explicar quase tudo:
Quando protegemos alguma parte do organismo humano, ela se enfraquece. Quando colocamos essa parte para trabalhar e se esforçar, ela se fortalece”

Simples assim!
Então por que criamos essa maldita cultura de correr com molas, ar, e géls sob nossos pés?

As estatísticas são bem claras, e no livro cita todas elas.
O que era para resolver um problema, criou muitos outros.
Os tênis com solados altos são uma enorme barreira entre o solo e nossos pés.
Nossos pés tem terminações nervosas onde todos os órgãos vitais, cérebro, e coluna podem ser “tocados”.
Essa barreira, faz com que nosso corpo se acomode e instintivamente faz com que ele pare de se esforçar deixando-o fraco.
Nós evoluímos com o solo sob os pés, e não sei por que, de 1970 até hoje, tentamos separar essa ligação importantíssima para nossa integridade física.

Eu não apenas acredito que é importante ter uma ligação próxima com o solo, eu entendo isso, pois os fatos me provam.

É por isso que eu corro com tênis baixos.

Correr com tênis minimalista me força, e força meu organismo a me educar correr corretamente, pisando corretamente no solo e forçando os músculos que evoluíram com o passar dos anos para que a corrida fosse praticada fluentemente.
Aterrissar no solo com o calcanhar, vai jogar todo o peso do seu corpo em uma área pequena, além de forçar uma parte da perna a qual  NÃO  evoluiu para tal fim.
Aterrissar com o calcanhar só joga o esforço para a tíbia quando na verdade deveria ser apoiado na panturrilha.
Aterrissando com os pés por completo, ou com a parte do meio para frente da planta do pé no solo, além de ter uma área maior de contato distribuindo melhor o peso, faz com que a panturrilha seja forçada aguentando todo o amortecimento.   Ela evoluiu pra isso.

Não podemos nunca jogar a responsabilidade do amortecimento de cada salto da corrida para os tênis. Somo nós os responsáveis por correr corretamente e jogar o amortecimento para a panturrilha independente do tamanho da sola do calçado.

A ideia de se correr com tênis baixos e planos, sejam eles da marca que for, é de se parecer o máximo possível com o ato de correr descalço, apenas te livrando de indesejáveis pedras que possam furar nossa pele fraca e desgastada pelo sapato quente e úmido diário do dia a dia.

Eu não falei de performance pois não procuro isso. Procuro longevidade no ato de correr deixando meu corpo mais firme e forte por inteiro.
Performance é uma consequência que virá naturalmente depois correndo corretamente.

Minha dica é:
Se você entendeu e gostou, não saia correndo descalço, muito menos correndo com um tênis baixo logo de cara.
Procure primeiro orientação de pessoal especializado, que infelizmente é difícil de encontrar, e comece a se reeducar para correr corretamente usando tênis baixos.
Com o passar do tempo você vai se adaptar e, além de deixar seu corpo mais forte por completo, você estará fazendo com que seu organismo ative a memória guardada no DNA, te deixando mais integrado com a natureza ao seu redor.

A ideia é relembrar o esquecido e voltar a fazer parte do ecossistema em que você vive e que esta ao seu redor.
Correr com tênis baixos é uma das formas de se fazer isso.

Boa corrida, correta!

Se alguém ainda acha que é impossível . . .





dica de vídeo enviada pelo Luiz Eng
Valeu Eng

Troféu Brasil de Triathlon



Dois texto escritos pelo Rircado Hirsch sobre o Trófeu Brasil de Triathlon , que valem a pena ler


Não só os posts , como os comentários também



e

incomparavelmente comparável

Com as provas no Brasil custando "o olho da cara"...


...sendo bem irônico.........mas nem tanto.


...quase que podemos comparar um fim de semana de prova em Santos com ir até Dubai correr essa maguinífica competição:


Que senhora organização!!!!!

Dormimos menos com o passar dos anos?

Nós Dormimos Menos com a Idade?
                         
por Victor Matsudo

                             
Um estudo publicado revista Sleep, da Academia Norte-Americana de Medicina do Sono, indica que adultos saudáveis sem distúrbios do sono podem esperar uma redução no tempo em que dormem à medida que envelhecem sem que isso acarrete sonolência diurna. 

O trabalho verificou que o tempo total dormido diminuiu significativamente e progressivamente com a idade. No estudo os adultos mais velhos dormiram cerca de 20 minutos menos do que adultos de meia-idade, que, por sua vez, dormiram em média 23 minutos menos do que os adultos mais jovens.
Tanto o número de vezes em que os voluntários acordavam durante a noite, como o tempo em que permaneceram despertos após cada momento em que acordavam tiveram um aumento com a idade. Por outro lado, o número de horas em sono profundo diminuiu consideravelmente. Surpreendentemente, mesmo com a diminuição no tempo, na intensidade e na continuidade do sono, os mais velhos apresentaram menor propensão a ter sono durante o dia do que os mais jovens.
“Os resultados reforçam a tese de que não é normal para as pessoas mais velhas sentir sonolência durante o dia. Não importa se o indivíduo é jovem ou idoso, se ele ou ela sentir sono durante o dia isso significa que não dormiu o suficiente na noite anterior ou que sofre de um distúrbio do sono”, disse Derk-Jan Dijk, professor da Universidade de Surrey, no Reino Unido, principal autor do estudo.
A pesquisa foi conduzida no Centro de Pesquisa Clínica da universidade britânica e envolveu 110 adultos saudáveis sem problemas de sono. Do total, 44 eram jovens (20 a 30 anos), 35 de meia-idade (40 a 55) e 41 eram mais velhos (de 66 a 83 anos).

Em síntese, nós vamos dormir menos com o passar da idade, mas isso não afetará nossa vigília durante o dia.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 
OK...
Agora vamos falar um pouco sobre o dormir :

Esses dias eu vi naquele programa "Vamos Correr" da ESPN, uma frase que um treinador que é comentarista da ESPN falou:
Era algo parecido com:
"o descanso é a principal parte do treino"

O que?

Peraí

Quer dizer que o descaso é mais importante do que correr pedalar ou nadar, ou se exercitar na sua modalidade?

Acho que tem alguma coisa errada aí.

Um dos problemas, quando um esporte começa a ficar popular demais é que pessoas despreparadas falam o que querem, da maneira que querem, e como querem.

Eu quis colocar o testo sobre o sono, exatamente para chamar a atenção para uma questão.
Como disse o estudo na revista Sleep, citada pelo Victor ali em cima, mostrou que quanto mais ficamos velhos, menos precisamos dormir.

BLZ...

Mas temos que lembrar que isso é uma grande média feita com a média da população.

Atletas de um esporte de endurance teoricamente continuam dormindo, quantidades relativamente iguais.
Por ex:
Uma pessoa de 40 anos normalmente dorme menos do que uma pessoa de 20.
Mas, quando a pessoa de 40 anos é um atleta e faz um esporte endurance ela dorme mais ou menos igual ao de 20 , exatamente por que o esporte quase que "obriga" o corpo ao sono.

Eu absolutamente concordo que dormir é importante SIM.
Não concordo com o cara da ESPN que diz que dormir é o mais importante.

Treinar pra valer para algum esporte endurence é um somatório de coisas.
Temos que correr ou nadar ou pedalar, dormir, nos alimentar, estudar, testar, e mais algumas outras coisas.
Treinar para um esporte endurence é um bolo.
Dormir é apenas uma das fatias desse bolo.


Digo que:  se vc treina, mas não dorme pelo menos 6h por noite, infelizmente vc esta correndo ou nadando ou pedalando, a toa. 

Vc não vai conseguir evoluir, pois seu corpo precisa se recuperar utilizando os alimentos excenciais que vc ingeriu somando com a capacidade do próprio corpo de se reestruturar.

Por tanto dormir é importantíssimo , sim!
Somente NÃO concordo que dormir e descansar é o mais importante.
Dormir é importante JUNTO com outras coisas.
Do jeito que o cara da ESPN disse, é melhor vc ficar na rede ou na cama ou no sofá por 12h e dividir as outras 12 h com os afazeres e treinos específicos da sua modalidade.

Os "especialistas" dizem que é necessário dormir 8h por noite.

Eu  TAMBÉM NÃO concordo com isso.
Minha opinião, que é baseada em leitura, experiência, testes e observação, diz que é muito possível dormir 6h por noite e ainda assim trabalhar treinar, e fazer mais afazeres do dia.
Eu passo muito bem meus dias com 6 horas de sono, e conheço mais uma penca de gente que faz o mesmo.
Se nós.... que trabalhamos e treinamos conseguimos dormir por 6h, uma pessoa que é sedentária, com certeza pode dormir as mesmas 6h, ou menos.

MAS....... o importante é dormir.
É importante que vc durma por pelo menos 6h por dia, e pelo menos 24 dias por mês.

Esses números acima são baseados num pequeno estudo/teste que fiz comigo mesmo, por tanto essa é a minha média.
Mas como não sou diferente de ninguém.... não sou a mais nem  a menos, posso concluir que a GRANDE esmagadora maioria pode fazer o mesmo.
Deitar para dormir faz parte de uma disciplina.
Vc precisa se forçar a ir deitar e dormir tal hora.

É uma questão de disciplina e condicionamento.
Cada um vai se moldar, e se adaptar de uma maneira diferente.... mas o resultado é sempre o mesmo.
Se reestruturar para o dia seguinte.

Técnicas para se dormir no horário existe muitas:
Não comer coisas ácidas á noite, 
não comer demais, 
comer leve, 
tomar uma longneck de cerveja ou uma taça de vinho,
não correr muito tarde, pois a adrenalina não vai te deixar dormir, 
ler um livro, 
assistir TV (com sleep ligado)
etc etc etc
Cada um vai se moldar de uma maneira.
O importante é vc se disciplinar a ir dormir.

Ah.... e lembre de colocar o despertador.... .............dois ou três, se precisar.