Corre cara . . . . . . . ! ! !

Coelho leva pito na maratona de Londres.




Os coelhos contratados para puxar o ritmo da maratona de Londres tiveram um trabalho danado e acabaram não conseguindo cumprir suas funções, irritando a elite mundial e levando um puxão de orelha em cores e ao vivo para o mundo todo.



Eles saíram meio descontrolados, o que culminou com a passagem, no km 10, com 40 segundos de vantagem sobre o recorde mundial, coisa que dificilmente poderia se manter ou se provar efetiva. Mesmo assim, cruzaram a meia-maratona em 1h01min35, a mais rápida passagem da história e 15 segundos mais veloz do que havia sido planejado.
Mas a diferença foi caindo e, nos 25km, já estava em apenas cinco segundos.
Nos quilômetros seguintes, a situação foi se deteriorando.

Claramente os três homens de regata listrada em branco e preto não tinham forças para liderar o pelotão que tinha três medalhistas olímpicos e outros fenômenos da maratona mundial.
Foi um deles, o veterano Hendrick Ramaala, da África do Sul, que decidiu tomar uma atitude:

Passou os coelhos e ainda lhes passou um pito, chamando os caras para correr ou sair logo da frente, pois, àquela altura, só estavam mesmo atrapalhando. O recordista olímpico Sammy Wanjiru também passou os coelhos, atacando pela direita, e também fez sinais para que eles fossem mais rápidos.
Mas eles não tinham mais gás: a prova agora era de Wanjiru, pois o tricampeão e recordista do circuito, seu compatriota Martin Lel, tinha desistido no dia anterior, atingido por uma lesão sofrida no última treinamento pré-prova.

E lá se foi o jovem medalhista olímpico (foto), seguido por seus parceiros de pódio em Pequim, para quebrar recorde de Lel, já que as chances de recorde mundial foram destruídas nas trapalhadas de ritmo da primeira metade da prova. Fechou em 2h05min10, seguido pelo medalhista de bronze Tsegaye Kebede, da Etiópia, que deu o troco no marroquino Jaouad Gharib, prata em pequim, que agora teve de se contentar com o terceiro lugar.




A prova disputada, teve a partipação de mais de 35 mil corredores.




.



2 comentários:

Marcos Apene do Amaral-AçaíTri disse...

Como é que pode correr assim, né?! Vou te mandar em primeira mão uma tradução que venho fazendo que muito vai lhe interessar sobre treinamento de maratonistas campeões e, que mais que tudo, lhe servirá para confirmar que o que você vem fazendo sozinho é uma ótima receita principalmente por vir se provando acertada para você com os seus treinos!
Abraço, boa semana, Marcos.

Ciro disse...

Valeu Marcos!!!!!!!!
Bom feriado pra vc
Grande Abraço
ciro